Desaparecida / Perdida

Nota: ★☆☆☆

Uma das características do cinema argentino das últimas décadas é a qualidade das interpretações. Os detratores de nuestros hermanos costumam gozá-los dizendo que eles se acham ingleses – mas a verdade é que os danados conseguiram mesmo obter um padrão de qualidade dos atores invejável, admirável, quase britânico. Continue lendo “Desaparecida / Perdida”

Quatro Estações em Havana – Ventos de Havana

Nota: ★★★☆

O crime é especialmente bárbaro, medonho, horroroso. Lissette (Mariam Hernández), jovem, bonita, professora de cursinho pré-universitário, é morta em seu próprio apartamento, depois de ser duramente espancada. Havia feito sexo com dois homens diferentes, segundo revela a autópsia. Na casa, são encontrados restos de maconha e anfetaminas. Continue lendo “Quatro Estações em Havana – Ventos de Havana”

Verónica

Nota: ★★☆☆

A direção de Verónica, produção mexicana de 2017, é assinada, nos bem cuidados créditos iniciais, por Los Visualistas. Assim: uma entidade, um grupo. Se a reunião de músicos tem nome – Los Hermanos, The Beatles, Les Luthiers -, por que um conjunto de diretores de cinema não pode ter também? Continue lendo “Verónica”

Truman

Nota: ★★★★

Truman, do diretor catalão Cesc Gay, co-produção Espanha-Argentina de 2015, tem sido elogiado por onde passa. Ganhou 28 prêmios, fora outras 29 indicações. Foi o grande vencedor do Goya, o troféu da Academia Espanhola, e do Gaudí, o corresponde catalão. Merece todos os elogios, todos os prêmios. É uma obra-prima. Um filmaço. Continue lendo “Truman”

A Reconstrução / La Reconstrucción

Nota: ★★★☆

O jovem diretor argentino Juan Taratuto vinha de duas gostosas, simpáticas, agradáveis, despretensiosas comedinhas românticas. Em 2013, lançou este A Reconstrução, um drama sério, pesado. Em vez de em Buenos Aires, a bela cidade em que nasceu em 1971, foi filmar na paisagem também bela, porém gélida, dura, inóspita, do extremo Sul argentino, na região de Ushuaia, a cidade importante mais próxima do Pólo Sul. Continue lendo “A Reconstrução / La Reconstrucción”

Pantaleão e as Visitadoras / Pantaleón y las Visitadoras

Nota: ★★★☆

O segundo Pantaleão e as Visitadoras, co-produção Peru-Espanha de 2000, é um bom filme. Claro: o ponto de partida, a história criada por Mario Vargas Llosa, é uma absoluta delícia. Mas o filme tem outros méritos além da história fascinante. Entre eles, uma atriz de beleza estonteante, um vulcão de sensualidade, a colombiana Angie Cepeda.  Continue lendo “Pantaleão e as Visitadoras / Pantaleón y las Visitadoras”

Paulina / La Patota

zzpaulina1

Nota: ★★½☆

Paulina (2015), do argentino Santiago Mitre, começa de maneira arrasadora, impressionante, soltando talento pelo ladrão: é um plano-sequência de pouquinho menos de 10 minutos, um diálogo de um homem e uma mulher, pai e filha. Quase 10 minutos de um diálogo intenso, uma discussão em muitos momentos acalorada. Dois atores excelentes, em uma única tomada sem corte. Continue lendo “Paulina / La Patota”

Gloria

zzgloria1

Nota: ★★★☆

Sensível, forte, bem realizado filme do novo cinema chileno: um retrato realista, cru, despojado de qualquer glamour, da vida de uma mulher madura e solitária numa grande metrópole. Continue lendo “Gloria”