Os melhores filmes da década de 60

Depois das listas dos melhores filmes das décadas de 1930, de 1940 e de 1950, eis aqui a lista dos melhores feitos entre 1961 e 1970. De La Dolce Vita e Easy Rider, como diz o subtítulo do livro The Movies of the Sixties.

Fiz a lista, tive o trabalho de fazer a lista – mas, da mesma forma com que aconteceu com as anteriores, ela não tem coisa alguma a ver com meu gosto pessoal. Minha participação foi só o trabalho braçal de elaborar a tabela. (Pode parecer doido, mas adoro fazer tabelas.)

Ela reúne os títulos que foram escolhidos para figurar em três diferentes livros sobre os melhores filmes, mais os premiados em três categorias importantes do Oscar e mais os que venceram nas duas mais importantes do Festival de Cannes.

Detalhando tintim por tintim:

Estão na lista todos os longa-metragens da década de 60 que constam dos livros 1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer, 501 Must-See Movies e  The Films of the Sixties.

E também todos os filmes que ganharam Oscar nas categorias de melhor filme, melhor direção e melhor filme estrangeiro. E os que, em Cannes, levaram a Palma de Ouro de melhor filme e o prêmio de melhor direção.

Consta da tabela o número de Oscars que cada um de todos esses filmes ganhou. Inclusive os que não levaram os prêmios naquelas três categorias, mas estão em pelo menos um dos três livros.

A lista não segue ordem de importância, do primeiro colocado em diante. Os filmes são apresentados em ordem cronológica, pelo ano de lançamento, e, dentro de cada ano, em ordem alfabética (letra a letra).

Detalhinho; me recusei a usar na lista os títulos brasileiros de Blow-up e de Persona, os idiotas, vergonhosos Depois Daquele Beijo e Quando Duas Mulheres Pecam. Mas me verguei diante dos títulos horrorosos ou desnecessários para West Side Story, Jules et Jim, Pierret Le Fou, America America, My Fair Lady, A Hard Day’s Night. Nesses casos, porém, usei também os títulos originais, que são aqueles pelos quais os filmes são conhecidos.

***

A lista está logo aí abaixo, mas antes vou fazer um ou dois registros pessoais.

A lista da década de 30 teve 157 filmes – dos quais 34 foram comentados aqui neste site.

A lista da década de 40 teve 144 filmes – 54 deles já estão aqui neste 50 Anos de Filmes.

A lista da década de 50 teve 209 filmes – 76 já estão aqui.

Esta lista aqui, a da década de 60, teve 243 filmes – 63 já foram comentados aqui.

Dos 796 filmes tidos por gente boa com os melhores entre os lançados entre 1931 e 1970, a equipe do 50 Anos de Filmes já escreveu sobre 227! Bem mais de um quarto do total! Perto de um terço!

Considerando que a equipe do 50 Anos de Filmes é composta pelo bloco do eu sozinho, eu me dou os parabéns – e os aceito de bom grado, e os considero bem merecidos.

(Os filmes que estão no site aparecem em negrito, em bold, na lista. Um dia consigo fazer todos os links.)

Um segundo registro.

Comecei a anotar os filmes que via em 1962, o ano de Cléo de 5 às 7, de Agnès Varda, Jules et Jim, de François Truffaut, Lawrence da Arábia, de David Lean, Lolita, de Stanley Kubrick, O Homem que Matou o Facínora, de John Ford, O Milagre de Anne Sullivan, de Arthur Penn, O Pagador de Promessas, de Anselmo Duarte, O Sol é Para Todos, de Robert Mulligan, Pistoleiros do Entardecer, de Sam Peckinpah, Sempre aos Domingos, de Serge Bourguignon, Viver a Vida, de Jean-Luc Godard, para citar só alguns dos que estão na lista dos melhores e que eu vi.

Claro que não vi todos eles naquele mesmo ano – mas, ao longo daquele e dos muitos anos seguintes veria um grande número dos 243 filmes que estão na lista. Não sei o número exato, nem vou tentar fazer a conta. Mas são muito mais do que os 63 que já estão aqui no 50 Anos de Filmes.

Roger Ebert, o grande crítico que tinha a qualidade especial de adorar os filmes que via – ao contrário de tantos críticos que, de tanto ver filmes por obrigação, já se sentam diante deles com o narizinho previamente torcido –, dizia que bons filmes fazem de nós pessoas melhores. Sem frescura de falsa modéstia, me considero uma pessoa boa – e, se meu juízo não estiver errado, devo isso à minha mãe, às muitas pessoas maravilhosas que tive a sorte de conhecer e aos muitos bons filmes que vi.

Mas a verdade é que, se você não anotou sobre os filmes que viu, corre o sério risco de ter dançado um tanto.

É o que diz aquele ditado latino: verba volant, scripta manent. Em português, se não anotou, dançou.

***

Na tabela, a coluna 1 mostra as obras que estão no livro 1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer.

A coluna 2, os escolhidos pelo livro The Films of the Sixties.

A coluna 3, os do livro 501 Must-See Movies.

A coluna 4, os premiados com o Oscar.

A coluna 5, os vencedores do Festival de Cannes.

 

Filmes (1) (2) (3) (4) (5)
1961
A Epopéia dos Anos de Fogo, de Yuliya Solntseva         *
A Face Oculta, de Marlon Brando *        
Amor, Sublime Amor /West Side Story, de Robert Wise * * * 10  
A Noite, de Michelangelo Antonioni *        
Através do Espelho, de Ingmar Bergman *     1  
Bonequinha de Luxo, de Blake Edwards * * * 2  
Clamor do Sexo, de Elia Kazan * *   1  
Crônica de um Verão, de Edgar Morin e Jean Rouch *        
Cupido Não Tem Bandeira, de Billy Wilder   *      
Desafio à Corrupção, de Robert Rossen * *   2  
Divórcio à Italiana, de Pietro Germi       1  
Duas Mulheres, de Vittorio De Sica   *   1  
Julgamento em Nuremberg, de Stanley Kramer       1  
La Jetée, de Chris Marker *        
Lola, a Flor Proibida, de Jacques Demy *        
O Ano Passado em Marienbad, de Alain Resnais *        
O Poço e o Pêndulo, de Roger Corman   *      
Os Canhões de Navarone, de J. Lee Thompson     * 1  
Os Desajustados, de John Huston   *      
O Terror das Mulheres, de Jerry Lewis *        
Terra Bruta, de John Ford     *    
Uma Tão Longa Ausência, de Henri Colpi         *
Viridiana, de Luís Buñuel *       *
         
1962          
A Conquista do Oeste, de John Ford, Henry Hathaway e George Marshall       3  
A Rotina Tem Seu Encanto, de Yasujiro Ozu *        
Cléo de 5 às 7, de Agnès Varda *        
David e Lisa, de Frank Perry   *      
Doce Pássaro da Juventude, de Richard Brooks       1  
Dog Star Man, de Stan Brakhage *        
Lawrence da Arábia, de David Lean * * * 7  
Lolita, de Stanley Kubrick * *      
Mondo Cane, de Gualtieri Jacopetti, Paolo Cavara e Franco E. Prosperi *        
O Homem Que Matou o Facínora, de John Ford *   *    
O Mais Longo dos Dias, de Ken Annakin, Andrew Marton e Bernhard Wicki   * * 2  
O Milagre de Anne Sullivan, de Arthur Penn   *   2  
O Pagador de Promessas, de Anselmo Duarte *       *
O Que Terá Acontecido a Baby Jane?, de Robert Aldrich * * * 1  
O Sol é Para Todos, de Robert Mulligan *   * 3  
Pistoleiros do Entardecer, de Sam Peckinpah   * *    
Sempre aos Domingos, de Serge Bourguignon       1  
Sob o Domínio do Mal, de John Frankenheimer * *      
Sua Última Façanha, de David Miller   * *    
Uma Mulher para Dois/Jules et Jim, de François Truffaut *        
Viver a Vida, de Jean-Luc Godard *        
Viver, Amar, Sofrer, de David Swift   *      
         
1963          
A Pantera Cor-de-Rosa, de Blake Edwards   * *    
A Passageira, de Andrzej Munk *        
A Praia dos Amores, de William Asher   *      
As Aventuras de Tom Jones, de Tony Richardson   *   4  
A Vingança do Ator, de Masaichi Nagata *        
Charada, de Stanley Donen     *    
Cleópatra, de Joseph L. Mankiewicz   *   4  
Desafio do Além, de Robert Wise *   *    
Eu, Ela e a Outra, de Michael Gordon     *    
Fugindo do Inferno, de John Sturges * * *    
Luz de Inverno, de Ingmar Bergman *        
O Criado, de Joseph Losey *        
O Desprezo, de Jean-Luc Godard *        
O Indomado, de Martin Ritt * *   3  
O Leopardo, de Luchino Visconti *       *
O Professor Aloprado, de Jerry Lewis *        
Oito e Meio, de Federico Fellini *   * 2  
Os Pássaros, de Alfred Hitchcock * * *    
Os Vitoriosos, de Carl Foreman   *      
Paixões Que Alucinam, de Samuel Fuller *        
Terra do Sonho Distante/America America, de Elia Kazan   *   1  
The Cool World, de Shirley Clarke *        
Uma Voz nas Sombras, de Ralph Nelson       1  
Vício Maldito, de Blake Edwards   *   1  
Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos *        
         
1964          
A Máscara Mortal, de Roger Corman *        
Amor a Toda Velocidade, de George Sidney     *    
A Mulher de Areia, de Hiroshi Teshigahara *        
Antes da Revolução, de Bernardo Bertolucci *        
Becket, o Favorito do Rei, de Peter Glenville   *   1  
Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Gláuber Rocha *        
Dr. Fantástico, de Stanley Kubrick * * *    
Gertrud, de Carl Theodor Dreyer *        
Marnie, Confissões de uma Ladra, de Alfred Hitchcock *        
Mary Poppins, de Robert Stevenson   * * 5  
Minha Bela Dama/My Fair Lady, de George Cukor * * * 8  
Não Podes Comprar Meu Amor, de Arthur Hiller   *      
O Deserto Vermelho, de Michelangelo Antonioni *        
O Evangelho Segundo São Mateus, de Pier Paolo Pasolini *        
O Homem do Prego, de Sidney Lumet   *      
Onibaba – A Mulher Demônio, de Kaneto Shindô *        
Ontem, Hoje e Amanhã, de Vittorio De Sica       1  
Os Cavalos de Fogo, de Sergei Parajanov *        
Os Guarda-Chuvas do Amor, de Jacques Demy *   *   *
Os Insaciáveis, de Edward Dmytryk   *      
Os Reis do Ié-Ié-Ié/A Hard Day’s Night, de Richard Lester * * *    
O Trem, de John Frankenheimer     *    
Papai Ganso, de Ralph Nelson       1  
007 Contra Goldfinger, de Guy Hamilton * * * 1  
Zorba, o Grego, de Michael Cacoyannis   *   3  
Zulu, de Cy Endfield     *    
         
1965          
A Batalha da Argélia, de Gillo Pontecorvo *        
A Bossa da Conquista, de Richard Lester         *
A Floresta dos Enforcados, de Liviu Ciulei         *
A Hora e a Vez de Augusto Matraga, de Roberto Santos          
A Noviça Rebelde, de Robert Wise * * * 5  
A Pequena Loja da Rua Principal, de Ján Kadár e Elmar Klós *     1  
Alphaville, de Jean-Luc Godard *        
Badaladas à Meia-Noite, de Orson Welles *        
Darling: A Que Amou Demais, de John Schlesinger   *   3  
Dívida de Sangue, de Elliott Silverstein       1  
Doutor Jivago, de David Lean * * * 5  
Faster, Pussycat! Kill! Kill!, de Russ Meyer *        
Julieta dos Espíritos, de Federico Fellini *        
Mickey One, de Arthur Penn   *      
O Caso Bedford, de James B. Harris     *    
O Demônio das Onze Horas/Pierrot Le Fou, de Jean-Luc Godard *        
O Expresso de Von Ryan, de Mark Robson     *    
O Homem da Cabeça Raspada, de André Delvaux *        
O Manuscrito de Saragoça, de Wojciech Has *        
O Que é Que Há, Gatinha?, de Clive Donner   *      
Repulsa ao Sexo, de Roman Polanski *        
Subarnarekha, de Ritwik Ghatak *        
         
1966          
Agora Você é um Homem, de Francis Ford Coppola   *      
A Grande Testemunha, de Robert Bresson *        
A História de Elsa, de James Hill   *   2  
As Pequenas Margaridas, de Vera Chitilová *        
A Vingança de um Pistoleiro, de Monte Hellman     *    
Blow-Up, de Michelangelo Antonioni * *     *
Como Conquistar as Mulheres, de Lewis Gilbert   *      
Da Zui Xia, de King Hu *        
Fahrenheit 451, de François Truffaut     *    
Lênin na Polônia, de Sergei Yutkevich         *
Masculino-Feminino, de Jean-Luc Godard *        
O Homem Que Não Vendeu Sua Alma, de Fred Zinnemann   * * 6  
O Segundo Rosto, de John Frankenheimer *        
Os Anjos Selvagens, de Roger Corman   *      
Os Profissionais, de Richard Brooks   * *    
Os Russos Estão Chegando! Os Russos Estão Chegando!, de Norman Jewison   *      
Persona, de Ingmar Bergman *        
Quem Tem Medo de Virginia Woolf?, de Mike Nichols * *   5  
Trens Estreitamente Vigiados, de Jiri Menzel *     1  
Três Homens em Conflito, de Sergio Leone * * * 1  
Uma Loura por Um Milhão, de Billy Wilder     * 1  
Um Homem, Uma Mulher, de Claude Lelouch   * * 2 *
         
1967          
A Bela da Tarde, de Luís Buñuel * * *    
Adivinhe Quem Vem Para Jantar, de Stanley Kramer     * 2  
A Primeira Noite de um Homem, de Mike Nichols * * * 1  
À Queima Roupa, de John Boorman *   *    
A Sangue Frio, de Richard Brooks   *      
Camelot, de Joshua Logan       3  
Descalços no Parque, de Gene Saks   * *    
Dez Mil Sóis, de Ferenc Kósa         *
Duas Garotas Românticas, de Jacques Demy *        
Duas ou Três Coisas Que Eu Sei Dela, de Jean-Luc Godard *        
Hombre, de Martin Ritt *   *    
Mogli – O Menino Lobo, dos Estúdios Disney *        
No Calor da Noite, de Norman Jewison * * * 5  
O Baile dos Bombeiros, de Milos Forman *        
O Samurai, de Jean-Pierre Melville *        
O Vale das Bonecas, de Mark Robson   *      
Os Doze Condenados, de Robert Aldrich   * * 1  
Playtime, de Jacques Tati *        
Primavera para Hitler, de Mel Brooks * * * 1  
Rebeldia Indomável, de Stuart Rosenberg * *      
Terra em Transe, de Gláuber Rocha *        
Uma Rajada de Balas, de Arthur Penn * * * 2  
Viagem ao Mundo da Alucinação, de Roger Corman   *      
Viy – A Lenda do Monstro, de  Konstantin Ershov e Georgiy Kropachyov *        
Week-end à Francesa, de Jean-Luc Godard *        
         
1968          
A Carga da Brigada Ligeira, de Tony Richardson     *    
A Hora do Lobo, de Ingmar Bergman *        
A Noite dos Mortos-Vivos, de George A. Romero *   *    
Barbarella, de Roger Vadim   *      
Bullitt, de Peter Yates   * * 1  
Crown, o Magnífico, de Norman Jewison     * 1  
2001: Uma Odisséia no Espaço, de Stanley Kubrick * * * 1  
Era Uma Vez no Oeste, de Sergio Leone *   *    
Faces, de John Cassavetes *        
Funny Girl, de William Wyler   * * 1  
Guerra e Paz, de Sergei Bondarchuk       1  
Inferno no Pacífico, de John Boorman     *    
Memórias do Subdesenvolvimento, de Tomás Gutiérrez Alea *        
Na Mira da Morte, de Peter Bogdanovich *        
O Abibolado Endoidou, de Hy Averbach   *      
O Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla *        
O Bebê de Rosemary, de Roman Polasnki * * * 1  
O Desafio das Águias, de Brian G. Hutton     *    
O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro, de Gláuber Rocha         *
O Leão no Inverno, de Anthony Harvey     * 3  
Oliver!, de Carol Reed       5  
O Planeta dos Macacos, de Franklin J. Schaffner * * *    
Os Boinas Verdes, Ray Kellog e John Wayne   *      
Os Dois Mundos de Charly, de Ralph Nelson         1
Petulia, um Demônio de Mulher, de Richard Lester   *      
Rachel, Rachel, de Paul Newman   *      
Romeu e Julieta, de Franco Zeffirelli   *   2  
Se…, de Lindsay Anderson *       *
Triângulo Feminino, de Robert Aldrich   *      
Um Estranho Casal, de Gene Saks   * *    
Vergonha, de Ingmar Bergman *        
Violência nas Ruas, de Barry Shear   *      
         
1969          
A Cor da Romã, de Sergei Parajanov e Sergei Yutkevich *        
Alô, Dolly!, de Gene Kelly       3  
Andrei Rublev, de Andrei Tarkovsky *        
A Noite dos Desesperados, de Sydney Pollack   *   1  
A Vaca, de Dariush Mehrjui *        
Bob, Carol, Ted e Alice, de Paul Mazursky   *      
Bravura Indômita, de Henry Hathaway   * * 1  
Butch Cassidy, de George Roy Hill * * * 4  
Deixem-nos Viver, de Arthur Penn   *      
Dias de Fogo, de Haskell Wexler   *      
Flor de Cacto, de Gene Saks       1  
Hsia Nu, de King Hu *        
Kes, de Ken Loach *        
Lucía, de Humberto Solás *        
Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade *        
Meu Ódio Será Tua Herança, de Sam Peckinpah * * *    
Minha Noite Com Ela, de Éric Rohmer *        
O Conformista, de Bernardo Bertolucci *        
Os Anos Verdes, de Alan J. Pakula   *      
Perdidos na Noite, de John Schlesinger * *   3  
Satyricon, de Federico Fellini *        
Sem Destino, de Dennis Hopper * * *    
Todos os Bons Companheiros, de Vojtech Jasný         *
Um Assaltante Bem Trapalhão, de Woody Allen   *      
Um Golpe à Italiana, de Peter Collinson     *    
Z, de Costa-Gavras *     2  
         
1970          
A Estratégia da Aranha, de Bernardo Bertolucci *        
A Morte Não Manda Recado, de Sam Peckinpah     *    
Ardil 22, de Mike Nichols     *    
Ato Final, de Jerzy Skolimowsky *        
Cada Um Vive Como Quer, de Bob Rafelson *        
El Topo, de Alejandro Jodorowsky *        
Investigação sobre um Cidadão Acima de Qualquer Suspeita, de Elio Petri       1  
M.A.S.H., de Robert Altman *   * 1 *
O Jardim dos Finzi-Contini, de Vittorio De Sica *     1  
O Pássaro das Plumas de Cristal, de Dario Argento *        
Orelha, de Karel Kachyna *        
Patton, Rebelde ou Herói?, de Franklin J. Schaffner *   * 7  
Pequeno Grande Homem, de Arthur Penn *   *    
Performance, de Donald Camell e Nicolas Roeg *        
Príncipe Sem Palácio, de John Boorman         *
Tora! Tora! Tora!, de Richard Fleischer, Kinji Fukasaku e Toshio Masuda     * 1  
Tristana, uma Paixão Mórbida, de Luís Buñuel *        
Uma História de Amor, de Arthur Hiller     *    
Waterloo, de Sergei Bondarchuk     *    
Zabriskie Point, de Michelangelo Antonioni *        

Setembro de 2020

Veja também:

Os melhores filmes da década de 30

Os melhores filmes da década de 40 

Os melhores filmes da década de 50 

 

 

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *