Os melhores filmes da década de 50

Aqui vai uma lista dos melhores filmes da década de 1950. Como toda, absolutamente toda lista de melhores, ou de premiados – pelo Oscar, pelo Globo de Ouro, por qualquer grupo ou associação de profissionais -, está sujeita a críticas de todos os tipos, a chuvas e trovoadas.

Não existe lista perfeita, nunca, jamais – até porque gosto não se discute, e o que seria do amarelo se todos gostassem só do verde? O que seria de Hollywood se todos gostassem só do cinema iraniano? (E vice-versa!)

Mas todo mundo adora uma lista – até para achar e apontar defeitos. Lista é um vício, como cerveja, vinho, chocolate.

A lista abaixo me deu uma trabalheira do cão – e, no entanto, minhas opiniões, meus gostos e desgostos não têm absolutamente nada a ver com ela.

Estão aí os filmes da década de 1950 que ganharam Oscars e os que foram escolhidos para figurar nos livros 1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer, editado por Steven Jay Schneider e lançado no Brasil pela Sextante, Movies of the 50’s, da Taschen, editado por Jürgen Müller, e 501 Must-See Movies, da Bounty Books, editado por Emma Beare. São 209 no total.

Assim, a lista tem uma boa dose de lógica, de bom senso – e de peso, de significado. Agrupa os melhores segundo  quatro grupos distintos de pessoas – as três diferentes equipes reunidas para cada um dos livros e mais os eleitores da Academia de Hollywood.

E ela tem ainda uma vantagem: não se propõe a escalonar os filmes, colocar em ordem de importância. Isso seria uma arrematada loucura. Os filmes são listados ano a ano, em ordem alfabética pelo título brasileiro. (Há uns poucos casos de filmes que não foram lançados comercialmente no Brasil, e portanto não têm títulos daqui.)

Meu gosto pessoal não interferiu em absolutamente nada, repito. Só tive o trabalho de reunir os filmes citados nos três livros e mais os premiados com os Oscars. (Um trabalho bastante insano, mas a verdade é que gostei de fazer a tabela… Adoro fazer tabelas.)

É preciso dizer, no entanto, que elaborar a lista me deu um prazer especial, me encheu o ego: dos 209 títulos, nada menos de 76 já estão neste 50 Anos de Filmes. Mais de um terço do total.

Já escrevi, euzinho, sozinho, sobre mais de um terço desses 209 filmes da década de 50 no meu site. De cada 3, um está aqui.

Eta site bão, siô.

Os títulos dos filmes que já foram comentados no site estão em negrito. Um dia talvez eu consiga terminar de fazer todos os 76 links.

***

Alguns dos eventuais leitores poderão estranhar por que resolvi me dedicar à lista dos melhores da década de 1950, poucas semanas depois de tanta gente ter feito balanços e listas dos melhores da década de 2010. Bem, pra começo de conversa, sou daqueles que batem o pé que a contagem das décadas, dos séculos, dos milênios começa – assim como na da da idade das pessoas – nos anos terminados em 1, e não nos terminados em 0. De resto… Eu poderia argumentar que na década de 1950 foram feitos alguns dos melhores filmes da História. Ou que os anos 50 são importantes para mim porque passei meu primeiros de vida neles. E que sou mesmo um sujeito pré-antigo. Mas a verdade dos fatos é bem banal: resolvi fazer a lista simplesmente porque comprei o livro da Taschen, o Movies of the 50’s… Aí pensei em comparar com a lista de filmes que estavam também no 1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer.  Aí, já que estava com a mão na massa…

***

Uma explicação:

Estão na lista abaixo todos os filmes da década e 50 que constam dos três livros citados.

No entanto, não estão aí absolutamente todos os filmes que ganharam Oscars. Estão todos os que venceram nas cinco categorias principais – filme, direção, ator, atriz, ator e atriz coadjuvantes. E também todos os que venceram qualquer um dos Oscars, de qualquer categoria, estavam na lista de alguns dos livros. Mas decidi não incluir necessariamente todos os premiados, porque entre eles há um e outro que venceram em apenas alguma categoria técnica – tipo efeitos especiais, por exemplo – e não são propriamente filmes importantes.

Ainda quanto aos Oscars, é necessário dizer também que vários, vários dos filmes que estão aí na lista porque foram citados nos livros tiveram indicações ao Oscar, mas não venceram. Não consegui encontrar uma maneira de demonstrar isso na tabela. Dela constam apenas os números de Oscars que os filmes ganharam – não os números das indicações.

O que leva a uma curiosidade: essa lista demonstra, de maneira claríssima, como a Academia insistia em desprezar os filmes de Alfred Hitchcock. Há aí 8 filmes do mestre, grandes filmes, algumas absolutas obras-primas: Pacto Sinistro, Janela Indiscreta, Ladrão de Casaca, O Homem Errado, O Homem que Sabia Demais, Um Corpo que Cai, Intriga Internacional e Psicose.

Vários deles chegaram a ter indicações aos prêmios. Pacto Sinistro teve 1 indicação. Janela Indiscreta teve 4. Ladrão de Casaca, 3. O Homem que Sabia Demais, 1. Um Corpo que Cai, 2. Intriga Internacional, 3. Psicose, 4.

Legal: 16 indicações.

Das 16 indicações, apenas 2 se transformaram em prêmios. Ao longo de dez de seus mais produtivos anos, em que lançou 8 grandes filmes, Alfred Hitchcock só ganhou 2 estatuetas. Quer dizer, ele, não – ele não ganhou Oscar algum. Robert Burks ganhou o de melhor fotografia em cores por Ladrão de Casaca, e Jay Livingston & Ray Evans ganharam o de melhor canção para “Whatever Will Be, Will Be (Que Sera, Sera)”, de O Homem que Sabia Demais.

A Academia tem dessas coisas. A Cor Púrpura, de Steven Spielberg, teve 11 indicações e não levou nada. Cidadão Kane, de Orson Welles, teve 9 indicações, e levou apenas o Oscar de roteiro original.

Enfim… Aí vai a lista.  

Filme 1001 Movies 501 Oscar
       
1951        
A Glória de um Covarde, de John Huston     *  
A Montanha dos Sete Abutres, de Billy Wilder *   *  
A Raposa do Deserto, de Henry Hathaway     *  
Der Untertan/The Subject, de Wolfgang Staudt   *    
Diário de um Pároco de Aldeia, de Robert Bresson *      
O Dia em Que a Terra Parou, de Robert Wise *   *  
O Homem do Terno Branco, de Alexander Mackendrick     *  
O Mistério da Torre, de Charles Crichton *     1
O Monstro do Ártico, de Christian Nyby   *    
Os Amores de Pandora, de Albert Lewin *      
Pacto Sinistro, de Alfred Hitchcock *   *  
Quo Vadis, de Mervyn Leroy   *    
Sinfonia de Paris, de Vincente Minnelli   * * 6
Um Lugar ao Sol, de George Stevens *     6
Uma Aventura na África, de John Huston * * * 1
Uma Rua Chamada Pecado, de Elia Kazan * * * 4
1952
A Carruagem de Ouro, de Jean Renoir *      
A Cruz da Minha Vida, de Daniel Mann       1
Alma em Pânico, de Otto Preminger *      
Assim Estava Escrito, de Vincente Minnelli *     5
Brinquedo Proibido, de René Clément * *    
Cantando na Chuva, de Stanley Donen e Gene Kelly * * *  
Depois do Vendaval, de John Ford *   * 2
E o Sangue Semeou a Terra, de Anthony Mann     *  
Europa 51, de Roberto Rossellini *      
Fanfan La Tulipe, de Christian-Jaque   *    
Ivanhoe, o Vingador do Rei, de Richard Thorpe   *    
Luzes da Ribalta, de Charlie Chaplin   *    
Matar ou Morrer, de Fred Z|innemann * * * 4
O Maior Espetáculo da Terra, de Cecil B. DeMille       2
O Pequeno Mundo de Don Camillo, de Julien Duvivier   *    
O Pirata Sangrento, de Robert Siodmak   *    
O Rio da Aventura, de Howard Hawks *      
Umberto D, de Vittorio De Sica *      
Viva Zapata!, de Elia Kazan       1
Viver, de Akira Kurosawa *      
1953
A Guerra dos Mundos, de Byron Haskin * 1
A Princesa e o Plebeu, de William Wyler * * * 3
A Roda da Fortuna, de Vincente Minnelli *   *  
A Um Passo da Eternidade, de Fred Zinnemann *   * 8
Anjo do Mal, de Samuel Fuller *      
As Férias do Sr. Hulot, de Jacques Tati * * *  
Contos da Lua Vaga, de Kenji Mizoguchi * *    
Desejos Proibidos, de Max Ophüls *      
Era Uma Vez em Tóquio, de Yasujirô Ozu * *    
Mar Cruel, de Charles Frend     *  
Mister Roberts, de John Ford e Mervyn Leroy     * 1
O Bígamo, de Ida Lupino *      
O Diabo Riu Por Último, de John Huston *      
O Inferno nº 17, de Billy Wilder     * 1
O Preço de um Homem, de Anthony Mann * * *  
O Salário do Medo, de Georges-Henri Clouzot * * *  
Os Boas Vidas, de Federico Fellini   *    
Os Brutos Também Amam, de George Stevens *   * 1
Os Corruptos, de Fritz Lang *   *  
Os Homens Preferem as Louras, de Howard Hawks * * *  
Romance na Itália, de Roberto Rossellini * *    
Sofrendo da Bola, de Norman Taurog   *    
1954        
A Condessa Descalça, de Joseph L. Mankiewicz *     1
A Estrada da Vida, de Federico Fellini * *   1
Amar é Sofrer, de George Seaton       2
A Revolução dos Bichos, de Joy Batchelor e John Halas *      
As Diabólicas, de Henri-Georges Clouzot * * *  
A Nave da Revolta, de Edward Dmytryk   *    
Carmen Jones, de Otto Preminger *      
Godzilla, de Ishirô Honda   *    
Homens Indomáveis, de Allan Dwan *      
Janela Indiscreta, de Alfred Hitchcock * * *  
Johnny Guitar, de Nicholas Ray * *    
Nasce uma Estrela, de George Cukor * * *  
O Intendente de Sanshô, de Kenzi Mizoguchi *      
O Monstro da Lagoa Negra, de Jack Arnold   *    
O Sal da Terra, de Herbert J. Biberman *      
Os Sete Samurais, de Akira Kurosawa * * *  
Sedução da Carne, de Luchino Visconti *      
Sete Noivas Para Sete Irmãos, de Stanley Donen *   * 1
Sindicato de Ladrões, de Elia Kazan * * * 8
1955        
A Canção da Estrada, de Satyajit Ray *      
Alta Sociedade, de Charles Walters     *  
A Morte num Beijo, de Robert Aldrich * *    
A Palavra, de Carl Theodor Dreyer *      
A Rosa Tatuada, de Daniel Mann       3
Artistas e Modelos, de Frank Tashlin *      
Bob, o Jogador, de Jean-Pierre Melville *      
Cidade do Vício, de Phil Karlson *      
Conspiração do Silêncio, de John Sturges * *    
Eles e Elas, de Joseph L. Mankiewicz *      
Hil, 24 Doens’t Answer, de Thorold Dickinson *      
Juventude Transviada, de Nicholas Ray * * *  
Ladrão de Casaca, de Alfred Hitchcock     * 1
Lola Montès, de Max Ophüls * *    
Marty, de Delbert Mann * *   4
Noite e Neblina, de Alain Resnais *      
O Homem do Braço de Ouro, de Otto Preminger   *    
Oklahoma!, de Fred Zinnemann     * 2
O Mensageiro do Diabo, de Charles Laughton * * *  
O Pecado Mora ao Lado, de Billy Wilder   *    
O Quinteto da Morte, de Alexander Mackendrick *      
Os Mestres Loucos, de Jean Rouch *      
Rififi, de Jules Dassin   * *  
Sorrisos de uma Noite de Amor, de Ingmar Bergman * *    
Um Certo Capitão Lockhart, de Anthony Mann *      
Vidas Amargas, de Elia Kazan   *   3
Tudo que o Céu Permite, de Douglas Sirk * * *  
1956
A Harpa da Birmânia, de Kon Ichikawa * *
Alta Sociedade, de Charles Walters *
Anastácia, a Princesa Esquecida, de Anatole Litvak 1
Assim Caminha a Humanidade, de George Stevens * * 1
A Volta ao Mundo em 80 Dias, de Michael Anderson 5
Delírio de Loucura, de Nicholas Ray *
Guerra e Paz, de King Vidor *
Moby Dick, de John Huston *
Morte Sem Glória, de Robert Aldrich *
O Grande Golpe, de Stanley Kubrick *
O Homem Errado, de Alfred Hitchcock *
O Homem que Sabia Demais, de Alfred Hitchcock * *
O Rei e Eu, de Walter Lang * 5
Os Dez Mandamentos, de Cecil B. DeMille * * * 1
Palavras ao Vento, de Douglas Sirk * 1
Planeta Proibido, de Fred M. Wilcox * * *
Rastros de Ódio, de John Ford * * *
Um Condenado à Morte Escapou, de Robert Bresson * *
Vampiros de Almas, de Don Siegel * * *
1957
A Embriaguez do Sucesso, de Alexander Mackendrick * *
A Ponte do Rio Kwai, de David Lean * * * 7
Ascensor para o Cadafalso, de Louis Malle *
As Três Faces de Eva, de Nunnally Johnson 1
Cinderela em Paris, de Stanley Donen * *
Doze Homens e uma Sentença, de Sidney Lumet * * *
Dragões da Violência, de Samuel Fuller *
Galante e Sanguinário, de Delmer Daves
Glória Feita de Sangue, de Stanley Kubrick * * *
Mãe Índia, de Mehboob Khan *
Meus Dois Carinhos, de George Sidney *
Morangos Silvestres, de Ingmar Bergman * *
Noites de Cabíria, de Federico Fellini * 1
No Sul do Pacífico, de Joshua Logan * 1
O Incrível Homem que Encolheu, de Jack Arnold * * *
O Invencível, de Satyajit Ray *
O Sétimo Selo, de Ingmar Bergman * * *
Quando Voam as Cegonhas, de Mikhail Kalatozov *
Prisioneiro do Rock and Roll, de Richard Thorpe *
Renegando o Meu Sangue, de Samuel Fuller *
Resgate de Bandoleiros, de Budd Boetticher *
Sayonara 4
Sem Lei, Sem Alma, de John Sturges *
Tarde Demais Para Esquecer, de Leo McCarey * *
Testemunha de Acusação, de Billy Wilder *
Trono Manchado de Sangue,de Akira Kurosawa *
1958
Acorrentados, de Stanley Kramer * * 2
A Marca da Maldade, de Orson Welles * * *
A Sala de Música, de Satyajit Ray *
Bab El Hadid, de Youssef Chanine *
Cinzas e Diamantes, de Andrzej Wajda * *
Da Terra Nascem os Homens, de William Wyler * 1
Gigi, de Vincente Minelli * 9
Meu Tio, de Jacques Tati * 1
O Homem do Oeste, de Anthony Mann * *
O Mercador de Almas, de Martin Ritt *
O Tigre da Índia e O Sepulcro Indiano, de Fritz Lang *
O Vampiro da Noite, de Terence Fisher * * *
Quero Viver!, de Robert Wise 1
Um Corpo que Cai, de Alfred Hitchcock * * *
Um de Nós Morrerá, de Arthur Penn *
Vidas Separadas, de Delbert Mann 2
Vikings, os Conquistadores, de Richard Fleischer *
1959
A Balada do Soldado, de Grigoriy Chukhray *
Anatomia de um Crime, de Otto Preminger *
Almas em Leilão, de Jack Clayton 2
Bem-Hur, de William Wyler * * * 11
Confidências à Meia-Noite, de Michael Gordon * 1
Duelo de Titãs, de John Sturgers *
Ervas Flutuantes, de Yasujirô Ozu *
Homens em Fùria, de Robert Wise *
Hiroshima Meu Amor, de Alain Resnais * *
Intriga Internacional, de Alfred Hitchcock * *
Odeio Essa Mulher, de Tony Richardson *
O Diário de Anne Frank, de George Stevens 3
O Homem que Luta Só, de Budd Boetticher *
O Mundo de Apu, de Satyajit Ray *
Onde Começa o Inferno, de Howard Hawks * *
Orfeu Negro, de Marcel Camus * 1
Os Incompreendidos, de François Truffaut * *
Pickpocket – O Batedor de Carteiras, de Robert Bresson *
Quanto Mais Quente Melhor, de Billy Wilder * * * 1
Sete Homens e um Destino, de John Sturges *
Sombras, de John Cassavetes *
1960
Acossado, de Jean-Luc Godard * *
A Adolescente, de Luís Buñuel *
 A Aldeia dos Amaldiçoados, de Wolf Rilla *
A Aventura, de Michelangelo Antonioni * *
A Doce Vida, de Federico Fellini * * 1
A Maldição do Demônio, de Mario Bava *
Atirem no Pianista, de François Truffaut * *
A Tortura do Medo, de Michael Powell * * *
A Um Passo da Liberdade, de Jacques Becker *
Disque Butterfield 8, de Daniel Mann 1
Entre Deus e o Pecado, de Richard Brooks 3
Hayno, de Kim Ki-young *
Meghe Dhaka Tara, de Ritwik Ghatak *
Os Desajustados, de John Huston *
Os Olhos Sem Rosto, de Georges Fanju * *
O Sol por Testemunha, de René Clément *
Psicose, de Alfred Hitchcock * * *
Rocco e Seus Irmãos, de Luchino Visconti * *
Se Meu Apartamento Falasse * * * 5
Spartacus, de Stanley Kubrick * * * 4
Tudo Começou num Sábado, de Karel Reisz * *
Zazie no Metrô, de Louis Malle *

Janeiro de 2020

Veja também:

Os melhores filmes da década de 1930. 

Os melhores filmes da década de 1940. 

 

5 Comentários para “Os melhores filmes da década de 50”

  1. Nos últimos dias estou carregando meu “1001 Filmes…” para cima e para baixo, num esforço para suprir deficiências minhas. Como vi “velharias” como diz minha irmã! E estou adorando! Não tenho os outros dois guias. Vou procura-lo (os títulos da ed. Taschen costumam ser bons). E pensar que comecei essa aventura relendo um livro cheio de listas – dos melhores filmes, livros, compositores e músicas…

  2. Em 1952, assisti 4 filmes. Havia me mudado para Lagoa da Prata……(O Dia em que a Terra Parou, Luzes da Ribalta, Matar ou Morrer e Cantando na Chuva.1953 A Princesa e o Plebeu, A um Passo da Eternidade e Os Brutos também Amam. 1954 A Condessa Descalça, Sete noivas para Sete Irmãos, Sindicato d Ladrões. (Me casei e mudamos para BH.)Em 55 vimos poucos filmes.Criança nova em casa, vida difícil, mas mesmo assim, Alta Sociedade, Ladrão de Casa e O Pecado Mora Ao Lado, foram vistos. Continuarei noutro dia!

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *