Os melhores filmes da década de 30

Peguei gosto pela coisa, e, depois das listas dos melhores filmes das décadas de 40 e de 50, fiz a lista dos melhores feitos entre 1931 e 1940.

Os melhores filmes lançados entre o ano do Frankenstein de James Whale, um dos que marcaram o início da época de ouro dos filmes de horror de Hollywood, e o ano de O Grande Ditador de Charlie Chaplin, uma das grandes obras contra o nazi-fascismo que o cinema fez antes de os Estados Unidos finalmente entrarem na Segunda Guerra Mundial.

São 167 filmes, de alguns dos maiores realizadores da História do cinema, das mais diferentes nacionalidades, como Alfred Hitchcock, Carl Theodor Dreyer, Charlie Chaplin, Ernst Lubitsch, F.W. Murnau, Frank Capra, Fritz Lang, Howard Hawks, Jean Renoir, John Ford, Kenji Mizoguchi, Luís Buñuel, William Wyler…

Estão aí alguns dos filmes mais importantes já feitos nestes 120 tantos anos de cinema. Há de tudo, de todos os estilos e gêneros possíveis. Desde o filme que durante décadas foi a maior bilheteria do mundo, … E o Vento Levou, de 1939, até o mítico, experimental, vanguardista e pouquíssimo visto nas últimas décadas Limite, de Mário Peixoto, feito em 1929 e lançado em 1931.

Há desde filmes da cineasta predileta de Adolf Hitler, Leni Riefenstahl, até do cineasta cuja obra se confunde, se mistura com a implantação do comunismo na União Soviética, Sergei M. Eisenstein.

Da mesma maneira que nas listas das décadas de 40 e 50, e na de 1960, que estará aqui em breve, tive o trabalho de fazer, produzir, elaborar a relação dos melhores filmes da década de 30 – mas ela não tem coisa alguma a ver com meu gosto pessoal.

Minha participação foi só o trabalho braçal de elaborar a lista e criar a tabela. (Pode parecer doido, mas adoro fazer tabelas.)

A lista reúne os títulos que foram escolhidos para figurar em três diferentes livros, e mais os premiados nas categorias importantes do Oscar.

***

Detalhando tintim por tintim:

Estão na lista todos os longa-metragens da década de 30 que constam dos livros 1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer, de Steven J. Schneider, Editora Sextante, 501 Must-See Movies, de Polly Manuel, Bounty Books, e todos os do livro The Films of the 30s, de Jürgen Müller, editora Taschen.

E estão também os filmes que ganharam o Oscar da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood nas categorias mais importantes.

Consta da tabela o número de Oscars que cada um de todos esses filmes ganhou. Inclusive os que não levaram os prêmios naquelas três categorias, mas estão em pelo menos um dos três livros.

E aqui vai o único critério não absolutamente objetivo da lista: para os filmes que não estão em nenhum dos três livros, mas ganharam algum Oscar, eu decidi quais entrariam na lista e quais ficariam de fora. Inclui os os que venceram nas categorias mais importantes – filme, diretor, ator, atriz, ator e atriz coadjuvante, roteiro, fotografia. Filmes que não estão em nenhum dos livros citados, e ganharam apenas Oscars nas categorias técnicas ou menos importantes, deixei de fora.

Da mesma maneira que fazem os três livros, a lista não classifica os filmes em ordem de importância, do primeiro ao centésimo e tanto – o que seria uma arrematada loucura.

Os filmes são apresentados em ordem cronológica, pelo ano de lançamento. Dentro de cada ano, são colocados em absoluta ordem alfabética (letra a letra).

***

Como fiz na introdução das listas dos melhores das décadas de 40de 50, faço aqui um oba-oba, um auto-elogio. Destes 167 filmes lançados entre 1931 e 1940, já estão aqui neste site comentários sobre 34, ou exatamente 20,3%, se a conta da Mary estiver correta (o que, é claro, está).

(Na lista, os nomes dos filmes que já estão neste site aparecem em negrito.)

Já escrevi sobre 20,3% dos 167 filmes tidos como os melhores da década de 30! Não é nada mal, não, senhor! Na verdade, é muito bom.

Deve ser por essas e por outras que o André Azenha, grande cinéfilo, crítico, agitador cultural, organizador do Santos Filme Fest, incluiu o 50 Anos de Filmes na relação dos “9 Sites, blogs e páginas para quem AMA cinema clássico, filmes antigos e cults”.

Um trecho do que o André escreveu sobre o 50 Anos: “São textos gigantescos, gostosos de ler, nos quais Sergio mistura opinião e dados históricos, sem pressa, detalhando cenas, reunindo citações de publicações e críticos estrangeiros. Lá dá para encontrar textos de filmes do início do cinema, até mais recentes.”

Entre os 9 sites, blogs e páginas que indica está, por exemplo, o de Roger Ebert, o maravilhoso crítico pelo qual tenho profundo respeito, imensa admiração.

***

Na tabela logo abaixo, a coluna marcada com (1) mostra as obras que estão no livro 1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer.

A coluna (2), os escolhidos pelo livro Movies of the 30s.

A coluna (3), os do livro 501 Must-See Movies.

A coluna (4), os premiados com o Oscar, com o número dos prêmios que obteve.

 

Filmes (1) (2) (3) (4)
1931
A Cadela, de Jean Renoir *      
Alma no Lodo, de Mervyn LeRoy     *  
A Nós a Liberdade, de René Clair * *    
A Ópera dos Três Vinténs, de G.W. Pabst   *    
Cimarron, de Wesley Ruggles       3
Depois do Casamento, de Frank Borzage       2
Drácula, de Tod Browning * *    
Frankenstein, de James Whale * *    
Limite, de Mário Peixoto *      
Luzes da Cidade, de Charlie Chaplin * *    
M, O Vampiro de Dusseldorf, de Fritz Lang * *    
O Campeão, de King Vidor       2
O Inimigo Público, de William A. Wellman * * *  
O Médico e o Monstro, de Rouben Mamoulian   *   1
O Milhão, de René Clair *      
O Pecado de Madelon Claudet, de Edgar Selwin       1
Tabu, de F.W.Murnau       1
       
1932        
Adeus às Armas, de Frank Borzage       2
A Luz Azul, de Leni Riefenstahl   *    
Ama-me Esta Noite, de Rouben Mamoulian *      
A Vênus Loura, de Josef von Sternberg   *    
Boudou Salvo das Águas, de Jean Renoir *      
Eu e Minha Pequena, de Raoul Walsh *      
Grand Hotel, de Edmund Goulding   *    
Ladrão de Alcova, de Ernst Lubitsch * *    
Monstros, de Tod Browning * * *  
O Expresso de Xangai, de Josef von Sternberg * *   1
O Fugitivo, de Mervyn LeRoy * *    
O Vampiro, de Carl Theodor Dreyer * *    
Scarface: A Vergonha de uma Nação, de Howard Hawks * *    
Tarzan, O Filho da Selva, de W.S. Van Dyke   *    
       
1933        
As Quatro Irmãs, de George Cukor     1  
Belezas em Revista, de Lloyd Bacon *      
Cavadoras de Ouro, de Mervyn LeRoy *   *  
Cavalgada, de Frank Lloyd       3
Êxtase, de Gustav Machatý   *    
Filhos do Deserto, de William A. Seiter  *      
King Kong, de Merian C. Cooper e Ernst B. Shoedsack * * *  
Manhã de Glória, de Lowell Sherman       1
O Diabo a Quatro, de Leo McCarey * * *  
Os Amores de Henrique VIII, de Alexander Korda   *   1
O Testamento do dr. Mabuse, de Fritz Lang   *    
O Último Chá do General Yen, de Frank Capra *      
Rainha Cristina, de Rouben Mamoulian * *    
Redenção, de Max Ophüls   *    
Rua 42, de Lloyd Bacon * * *  
Santa Não Sou, de Wesley Ruggles   *    
Terra Sem Pão, de Luís Buñuel *      
Uma Loira para Três, de Lowell Sherman *      
Zero de Conduta, de Jean Vigo *      
       
1934        
A Alegre Divorciada, de Mark Sandrich     * 1
A Ceia dos Acusados, de W. S. Van Dyke * *    
Aconteceu Naquela Noite, de Frank Capra * * * 5
A Viúva Alegre, de Ernst Lubitsh       1
Cleópatra, de Cecil B. DeMille   * * 1
David Copperfield, de George Cukor   *    
O Atalante, de Jean Vigo * *    
O Filho Pródigo, de Luis Trenker   *    
O Gato Preto, de Edgar G. Ulmer *      
O Juiz Priest, de John Ford *      
Um Negócio da China, de Norman Z. McLeod *   *  
Vencido pela Lei, de W.S. Van Dyke       1
Viva Villa!, de Jack Conway   *   1
       
1935        
Anna Karenina, de Clarence Brown   *    
A Noiva de Frankenstein, de James Whale * * *  
Capitão Blood, de Michael Curtiz * *    
Mordedoras de 1935, de Busby Berkeley   *   1
O Delator, de John Ford   *   4
O Energúmeno, de Ben Hecht e Charles MacArthur       1
O Grande Motim, de Frank Lloyd * *   1
O Picolino, de Mark Sandrich * * *  
Os 39 Degraus, de Alfred Hitchcock * *    
Perigosa, de Alfred E. Green       1
Sonho de uma Noite de Verão, de William Dieterle       2
Triunfo da Vontade, de Leni Riefenstahl *      
Uma Noite na Ópera, de Sam Wood *      
       
1936        
A Dama das Camélias, de George Cukor *   *  
Adversidade, de Mervyn LeRoy       4
A História de Louis Pausteur, de William Dieterle       3
Daqui a Cem Anos, de William Cameron Menzies * *    
Desejo, de Frank Borzage   *    
Fogo de Outono, de William Wyler *     1
Fúria, de Fritz Lang   *    
Irene, A Teimosa, de Gregory La Cava *      
Magnólia: O Barco das Ilusões, de James Whale     *  
Meu Filho é Meu Rival, de Howard Hawks e William Wyler       1
O Galante Mr. Deeds, de Frank Capra * *   1
O Romance de um Trapaceiro, de Sacha Guitry *      
Ritmo Louco, de George Stevens *     1
Sabotagem, de Alfred Hitchcock *      
São Francisco, a Cidade do Pecado, de W.S. Van Dyke   *   1
Tempos Modernos, de Charlie Chaplin * * *  
Um Dia no Campo, de Jean Renoir * *    
Ziegfeld, o Criador de Estrelas, de Robert Z. Leonard       3
       
1937        
A Cruz dos Anos, de Leo McCarey *      
A Grande Ilusão, de Jean Renoir * * *  
A Vida de Émile Zola, de William Dieterle *     3
Beco sem Saída, de William Wyler   *    
Branca de Neve e os Sete Anões, dos Estúdios Disney * *    
Canção da Noite, de Ma-Xu Welbang *      
100 Homens e uma Menina, de Henry Koster       1
Cupido é Moleque Teimoso, de Leo McCarey *     1
Horizonte Perdido, de Frank Capra   * * 2
Marujo Intrépido, de Victor Fleming *     1
Nada é Sagrado, de William A. Wellman     *  
Nasce uma Estrela, de William A. Wellman       1
O Demônio da Argélia, de Julien Duvivier * *    
O Misterioso Mr. Motto, de Norman Foster   *    
Stella Dallas, Mãe Redentora, de King Vidor *      
Terra dos Deuses, de Sidney Franklin       2
Uma Luta de Risos, de James W. Horne     *  
       
1938        
A Ceia dos Veteranos, de John G. Blystone   *    
A Dama Oculta, de Alfred Hitchcock   *    
A Epopéia do Jazz, de Henry King     * 1
A Grande Valsa, de Julien Duvivier       1
Alexandr Nevsky, de Sergei M. Eisenstein   * *  
A Mulher do Padeiro, de Marcel Pagnol *      
Anjos de Cara Suja, de Michael Curtiz *      
A Oitava Esposa de Barba-Azul, de Ernst Lubitsch     *  
As Aventuras de Robin Hood, de Michael Curtiz e William Keighley * * * 3
Cais das Sombras, de Marcel Carné   *    
Com os Braços Abertos, de Norman Taurog       2
Do Mundo Nada Se Leva, de Frank Capra       2
Folia a Bordo, de Mitchel Leisen       1
Jezebel, de William Wyler *      
Levada da Breca, de Howard Hawks * * *  
Na Velha Chicago, de Henry King       2
Olimpíadas e Mocidade Olímpica – Parte 1 Festa das Nações * *    
Olimpíadas e Mocidade Olímpica – Parte 2: Festa da Beleza * *    
Pigmalião, de Anthony Asquith e Leslie Howard       2
       
1939        
Adeus, Mr. Chips, de Sam Wood       1
Aliança de Aço, de Cecil B. DeMille     *  
A Mulher Faz o Homem, de Frank Capra *   * 1
A Regra do Jogo, de Jean Renoir * *    
As Mulheres, de George Cukor   *    
Atire a Primeira Pedra, de George Marshall *      
Crisântemos Tardios, de Kenji Mizoguchi *      
… E o Vento Levou, de Victor Fleming, George Cukor * * * 8
Gunga Din, de George Stevens *      
Heróis Esquecidos, de Raoul Walsh   *    
Jesse James, de Henry King   *    
Meia-Noite, de Mitchel Leisen     *  
Ninotchka, de Ernst Lubitsch * *    
No Tempo das Diligências, de John Ford * * * 2
O Corcunda de Notre Dame, de William Dieterle   *    
O Mágico de Oz, de Victor Fleming * * *  
O Morro dos Ventos Uivantes, de William Wyler * * * 1
Paraíso Infernal, de Howard Hawks *      
Sangue de Artista, de Busby Berkeley *      
Trágico Amanhecer, de Marcel Carné *      
       
1940        
A Loja da Esquina, de Ernst Lubitsch   * *  
A Marca do Zorro, de Rouben Mamoulian   *    
A Ponte de Waterloo, de Mervyn LeRoy     *  
As Vinhas da Ira, de John Ford * * * 2
A Vida é uma Dança, de Dorothy Arzner, Roy Del Ruth *      
Fantasia, dos Estúdios Disney * *    
Jejum de Amor, de Howard Hawks * * *  
Núpcias de Escândalo, de George Cukor * * *  
O Galante Aventureiro, de William Wyler       1
O Gavião do Mar, de Michael Curtiz     *  
O Grande Ditador, de Charlie Chaplin   *    
O Guarda, de Edward F. Cline * *    
O Ladrão de Bagdá, de Ludwig Berger, Michael Powell   *    
O Rei da Alegria, de Busby Berkeley     *  
Pinóquio, dos Estúdios Disney *      
Rebecca, a Mulher Inesquecível, de Alfred Hitchcock * * * 2
Tempestades d’Alma, de Frank Borzage *      

Agosto e setembro de 2020

Veja também:

Os melhores filmes da década de 40 

Os melhores filmes da década de 50 

5 Comentários para “Os melhores filmes da década de 30”

  1. Olá! Obrigado por mais essa contribuição, sei que dá trabalho, mas eu também gosto de planilhas… Apenas para manter a qualidade da informação, notei duas coisas que talvez necessitem revisão: 1) No IMDB, o curta “Um Dia no Campo”, de Jean Renoir, consta com tendo sido lançado em 1946, e não em 1936. Talvez os livros consultados estavam se referindo a outro filme dele (são listados três lançamentos dele em 1936). 2) O filme “Filhos do Deserto”, de 1933, está sem nenhuma marcação nas colunas da tabela. Abs. edilson

  2. Caro Edilson,
    Muitíssimo obrigado pelos alertas! Vou examinar esses pontos que você levantou em seguida!
    Pô, que leitura atenta você fez da lista! Incrível!
    De novo, muito obrigado!
    Sérgio

  3. Caro Edilson,
    O filme “Filhos do Deserto” é citado no livro “1001 Filmes para Ver Antes de Morrer”. Já fiz a correção.
    Quanto ao ano do filme de Jean Renoir, “Um Dia no Campo”, a controvéria se deve ao fato de que ele foi realizado em 1936, mas só foi concluído e exibido dez anos depois, em 1946. No meu texto sobre o filme, aqui no 50 Anos, eu transcrevi a avaliação do crítico e historiador Jean Tulard que explica isso:
    “Concebido como um filme curto, este Partie de Campagne ficou inacabado durante muito tempo. Dois letreiros que vieram fazer as vezes das cenas que faltavam permitiram enfim que o filme conhecesse uma exibição normal dez anos depois de sua realização.”
    O IMDb o dá como sendo de 1946. Os livros ‘1001 Filmes…” e “The Movies of the 30s” o dão como sendo de 1936.
    Mais uma vez, agradeço a você pelo gentil e atentíssimo comentário!
    Sérgio

  4. Eu que agradeço a atenção e o esclarecimento; aproveito pra agradecer também as indicações de filmes que tenho encontrado por aqui, e os textos sempre bem cuidados. Vou lá ver o que você escreveu sobre o filme do Jean Renoir, que ainda não vi.
    Abs,
    edilson

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *