Mil posts!

Este site tem agora mais de mil posts – mais de mil textos sobre filmes. Como alguns deles comentam mais de um filme, são mais de mil filmes comentados. Nada mal. 

Falta muito filme, e falta muito filme bom. Outro dia, depois de rever A Missão, Fernanda, minha filha, procurou minha anotação sobre ele e não achou. Amigos já deram pela falta de A Vida dos Outros, Blade Runner, O Leopardo – sem falar de Morangos Silvestres, O Sétimo Selo, Amarcord, All That Jazz, Cabaret, Vagas Estrelas da Ursa, Rocco e Seus Irmãos, Blow Up, até Jules et Jim, da foto que ilustra o site. Então aproveito o post número 1.000 para repetir o que está na Apresentação: este site nunca vai ter todos os filmes importantes. Não é uma enciclopédia, nem pretende ser, de forma alguma. É só o lugar em que eu juntei as anotações que fui fazendo ao longo da vida sobre alguns dos filmes que vi. Infelizmente, não escrevi sobre os filmes que citei aí acima logo depois de vê-los, e é o tal negócio, verba volant, scripta manent – não anotou, dançou.

Paciência. O que eu anotei no passado está aí. Vou agora agregar aqui o que estou anotando depois de ver novos ou velhos filmes ou rever outros, velhos ou novos. É só isso o meu baião, e não tem mais nada, não.

O que me alegra é que este site, com textos de uma pessoa só, com anotações muito pessoais e visão muito pessoal, já foi acessado até agora em 207 cidades brasileiras e em 71 países (credo, como tem brasileiro e português espalhado pelo mundo).

Aproveito para um esclarecimento. Este site ainda não adotou o acordo ortográfico que começou a vigorar no início de 2009 – e que eu considero ridículo. Tenho a desculpa de que nos deram até 2012 para fazermos a adaptação.

E, last but not least, agradeço mais uma vez ao Carlos Bêla, que construiu este belo site (ele pode ser ruim de conteúdo, mas o visual e a acessibilidade são excelentes), à Mary Zaidan pelo incentivo diário, as canetadas nos textos e o acompanhamento atento no Google Analytics, à Fernanda pela beleza de caráter, pela força, por tudo, e ao Jorge Teles, pelas sempre bem-vindas correções. E, de novo last but not least, agradeço aos colegas blogueiros que me honraram ao dar link para o meu site e aos leitores, os amigos e os desconhecidos, por seus comentários sempre bem-vindos.

8 Comentários para “Mil posts!”

  1. Sérgio,

    Antes de mais nada, parabéns pelo post número 1000!
    E não agradeça a mim, sem seu excelentíssimo conteúdo este site seria uma boniteza sem graça e vazia.
    Você que o transformou num belo site!

    Rumo ao post número 2000?

    Abração,
    Carlos

  2. Parabéns pelos mil posts e super obrigada pelos elogios que não mereço. Quanto ao Google Analytics, o http://www.50anosdefilmes.com.br alcançou no sábado, dia 14 de fevereiro, nada menos do que visitantes de 72 países e 210 cidades brasileiras. Sucesso total. E tudo sem qualquer divulgação do santo de casa que, como reza o ditado, não faz milagres.

  3. Li antes de dormir o rapidíssimo e-mail sobre os 1000. Lembram-se do gol 1000 de Pelé? E se lembram da gozação do Millor, no Pasquim (sem trema), quando ele parodiou o gol 1000 e escreveu sobre a (dele) foda número 1000?
    Só li o texto do post hoje de manhã.
    É uma grande vitória. E é uma glória viver num tempo em que se pode cumprir um projeto tão gigante e fascinante. Imaginem se fosse há uns vinte anos atrás, alguém querer publicar um livro falando de tantos filmes, com fotos (e a cores, minha gente!), dando a possibilidade do leitor dar palpite, quanta dor de cabeça não seria! O editor exigindo, o papel está caro!, você tem certeza de que tem tanto leitor assim?, por que você insiste em colocar fotos coloridas?, tá ficando louco? acha que é barato mandar livros pra todos esses países (com acento?)?, que tal se o senhor escrever algo como os 100 melhores filmes? 100 já é mais do que suficiente!, etc, etc, o senhor vai me desculpar, mas é um megalomaníaco projeto de um megalomaníaco!

    A modernidade nos dá algum tipo de liberdade. Não se sabe bem com que outro tipo de liberdade pagamos o preço.

    Parabéns

  4. Mil filmes? Leio você quase todos os dias, mas não me dei conta que o blog já reunia 1.000 filmes. E eu já vi quase todos. Parabéns.

  5. Oi, papis!
    Que máximo essa marca dos mil posts, adorei!
    Muito legal mesmo!
    Adorei, também, o post comemorativo, é claro!
    Força aí e rumo aos dois mil! rs…
    Beijos
    Fê.

  6. Sergio.
    Parabéns!!! Um feito e tanto, inda mais se levarmos em conta o seu trabalho primoroso. Eu sou um que me alimento aqui. Vida longa ao site. Abraços.

  7. Cara Jussara, caro Heringer, muitíssimo obrigado por seus comentários absolutamente gentis. Ainda bem que há também os comentários tipo “sua crítica ao filme é grosseira e caricata”, “que texto medonho”, “não se atreva a comentar as atuações de qualquer personagem desse filme para não cair no ridículo”, e até mesmo “seu blog é de extrema direita” (!!!!!!!). Se não fossem eles (hêhêhê) eu até poderia correr o risco de, depois de velho, ficar meio prosa…

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *