Mil cidades! É tudo muito doido

MUNDO - CIDADES
 

 

 

 

 

 

13 de junho de 2009: Este meu site já foi visto em 1.001 cidades diferentes, em 84 países. Coisa de louco. É tudo muito doido, este mundo da internet.

Mary, que todo dia vê os números do site no Google Analytics, não se cansa de se surpreender. Todo dia, inevitavelmente, concluímos que é tudo muito doido.

Tudo bem: mais de cem milhões de pessoas viram o vídeo da Susan Boyle no YouTube. O blog de Yaoni Sanchez, a cubana que está,  como uma formiguinha, fazendo ruir a couraça que protege a ditadura de Fidel contra as críticas, tem 6.000 comentários para cada post. Então meus numerinhos são mínimos, ínfimos, bocós. Mas, como tudo é relativo, para mim eles são espantosos. Especialmente quando me lembro que, um ano atrás, comecei a juntar meus textos sobre filmes pensando em fazer um livrinho amador, desses com encadernação com espiral, com 50 exemplares para dar para os amigos e parentes.

Então vou mostrar os numerinhos – ínfimos, ridículos, bocós, de um lado, mas absolutamente loucos, inesperados, de outro. São os números que constam do Google Analytics, a partir de 6 de outubro de 2008, até o dia 12 de junho de 2009. Englobam, portanto, um período de nove meses.

Nestes nove meses, o site teve 70.551 visitas. A média diária está em 282 visitas.

Houve visitas de 251 diferentes cidades brasileiras. Treze cidades já visitaram o site mais de 1.200 vezes. Da cidade de São Paulo vieram 16.250 visitas.

Lisboa é a 10ª cidade que mais manda visitas ao site: foram 1.455. Porto é a 18ª, com 660 visitas. De Portugal vieram 4.046 visitas, de 67 cidades diferentes. Cacilda, como os portugueses gostam de cinema!

E, como tem brasileiro e português em tudo quanto é lugar do mundo, já teve visita de Samorin, na Eslováquia, de Manama, em Bahrein, e de Kopavogur, na Islândia! No Japão, houve acessos de 66 cidades diferentes. Nos Estados Unidos, de 220 cidades.

Como diz a Mary cada vez que olha o Google Analytics, é muito doido.

Não é querer contar vantagem, não, até porque não tem vantagem nenhuma – é só para mostrar surpresa, estupefação.

E aproveitar para agradecer a todas as pessoas que enviaram comentários para o site. De algumas delas, acabei virando correspondente assíduo. Jussara Ormond, de Cuiabá, por exemplo, é como se fosse minha amiga de infância.

Para agradecer aos meus amigos Anélio Barreto, Sandro Vaia e Valdir Sanches, que mandaram belos textos para melhorar o nível do site.

Para agradecer aos colegas siteiros e blogueiros que me honraram colocando links para a minha página – Wendell Borges, Stella Halley, Egídio La Pasta Jr., Luiza Mendes Furia, o autor do fiume, Luciana Nepomuceno, a autora de Borboleta nos Olhos.

E para, de novo e sempre, agradecer a força e a ajuda de Mary, minha mulher, de Fernanda, minha filha, de Carlos Bêla, que criou o site e me ajuda sempre que há problemas com uma paciência de Jó, de Lúcia Zaidan, pelo apoio e pelos elogios, e de Jorge Teles, esse multi-artista que o Brasil todo deveria conhecer, e que, com cuidado e atenção, aponta os muitos erros que cometo.

2 Comentários

  1. valdir sanches
    Postado em 15 junho 2009 às 11:41 am | Permalink

    Pois é, fiz um textinho para o 50 anos… e agora, vendo todos esses números, tanta gente clicando em tantos cantos do mundo, concluí que fiquei internacionalmente famoso. Veja bem, Sérgio Vaz: se mais de 70 mil pessoas entraram no site, uma parte, pequena que seja, deve ter se interessado pelo filme sobre o qual escrevi. É a glória, mesmo de carona. Parabéns pelo site, ainda chegaremos ao milhão.

  2. Jussara
    Postado em 23 junho 2009 às 10:29 pm | Permalink

    Parabéns pelas mil cidades! Deve ser mesmo espantoso. E parabéns pelo site mais uma vez, um prato cheio para os amantes do cinema. E graças a ele, o cinema, e à doida da internet agora somos
    “correspondentes” e amigos de infância, rs. Tá vendo? Sempre falei que eu tinha o espírito velho e ninguém acreditava, agora tá provado. Hehehe, brincadeira! Obrigada pela lembrança e por proporcionar os meus 15 minutos de fama 😉

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*