Sherlock / Sherlock ou Case of Evil


Nota: ★★☆☆

Anotação em 2008: Mais uma das muitas histórias sobre a juventude de Sherlock Holmes criadas bem depois da morte de Arthur Conan Doyle, o inventor do personagem.

Esta pega Holmes ainda bem jovem, mas já morando na Baker Street, trabalhando como detetive, conhecendo o dr. Watson e o inspetor Lestrade e combatendo o pior inimigo, o dr. Moriarty. Cheio de exageros típicos do cinema pós anos 1970, inclusive uma luta de espadas dentro do Big Ben  – mas não é completamente ruim, especialmente para quem gosta do personagem de Arthur Conan Doyle.

 Como não anotei sinopse logo depois que vi o filme, em abril deste ano de 2008, me fio na que foi escrita por um leitor do iMDB, com um ou outro acréscimo meu:

Quando o filme abre, um Sherlock nos seus 20 e poucos anos (James d’Arcy) está perseguindo o malvado Moriarty (Vincent d’Onofrio) e aparentemente dá um tiro mortal nele. O corpo do bandido cai no esgoto e não é encontrado. Apesar disso, Holmes ganha notoriedade na imprensa e na polícia como o rapaz que matou o homem mau. O jovem fica conhecendo o dr. Watson, um auxiliar nas autópsias da polícia. Juntos, os dois começam a investigar o assassinato de vários bandidos famosos, e ficam convencidos de que Moriarty está vivo e organiza naquele momento um grande esquema de tráfico de drogas. Durante as investigações, Holmes fica conhecendo uma jovem prostituta que se faz passar por uma ricaça – o papel da bela Gabrielle Anwar, a garota que dançou o tango com Al Pacino na refilmagem americana de Perfume de Mulher/Scent of a Woman.

Em 1985, tinha sido feito um filme bem gostoso sobre a juventude de Sherlock Holmes – O Enigma da Pirâmide/Young Sherlock Holmes, dirigido por Barry Levinson e com produção executiva de Steven Spielberg. Naturalmente, este aqui não chega aos pés do outro.

E houve também – dentro desse universo de histórias criadas por terceiros, aproveitando a aura do personagem – uma série de filmes feitos para a TV inglesa, cujos títulos sempre começam com a expressão Murder Rooms, sobre a vida do jovem estudante de Medicina Arthur Conan Doyle, que teria aprendido muita coisa com um professor, o doutor Bell, que faz deduções fantásticas a partir de dados da realidade. Teria sido inspirado nele – na imaginação dos roteiristas da série – que o futuro escritor criaria seu personagem.   

Sherlock / Sherlock ou Case of Evil

De Graham Theakstone, EUA-Inglaterra-Romênia, 2002. Para a TV.

Com James D’Arcy, Roger Morlidge, Gabrielle Anwar, Vincent d’Onofrio

Roteiro Piers Ashworth, baseado nos personagens de Conan Doyle

Produção Box TV

Cor, 100 min.

**

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *