O Violinista Que Veio do Mar / Ladies in Lavander


Nota: ★★½☆

Anotação em 2008: Uma historinha agradável, contada com graça e valorizada por um ótimo elenco.

As duas grandes damas inglesas, Judi Dench e Maggie Smith, fazem irmãs solteironas que vivem num vilarejo na Cornualha nos anos 30, pouco antes da Segunda Guerra, onde vai chegar, náufrago, um garoto estrangeiro que fala alemão – o papel de Daniel Brühl, de Adeus, Lênin!/Good Bye Lenin!, de 2003, e Feliz Natal/Joyeux Noël, de 2005.

Cada uma à sua maneira (Lady Maggie retraída, recatada; Lady Judi às escancarras, para surpresa de todos, inclusive dela mesma), elas, assim como o resto do vilarejo, apaixonam-se pelo forasteiro que, além de jovem e bonito, toca violino divinamente.

Só pelas duas atrizes esplêndidas, maravilhosas, já valeria a pena ver este filme.

Natascha McElhone, essa jovem inglesa de beleza fora do convencional que está em vários bons filmes dos últimos anos (O Show de Truman – O Show da Vida, Laurel Canyon: A Rua das Tentações) faz uma jovem russa que também está passeando no vilarejo, o que aumenta as suspeitas, entre alguns dos moradores, de que há uma conspiração internacional, uma aliança Stalin-Hitler em plena Cornualha.

Foi o primeiro filme escrito e dirigido por Charles Dance, ator de teatro e de cinema inglês nascido em 1946, que tem uma filmografia de mais de 80 filmes e/ou episódios de séries para a TV. Coisas das Ilhas Britânicas.

 O Violonista Que Saiu do Mar/Ladies in Lavender

De Charles Dance, Inglaterra, 2004

Com Judi Dench, Maggie Smith, Daniel Brühl, Natascha McElhone

Roteiro Charles Dance

Baseado em história de William J. Locke

Produção UK Film Council

Cor, 104 min.

**1/2

Um Comentário

  1. Ivan
    Postado em 17 Maio 2012 às 11:58 am | Permalink

    Pensei que tinha mandado alguma nota para ti
    sôbre este filme mas, em visita ao teu site hoje, vi que não.
    Achei o final um tanto sêco, sei lá,assim súbito. Mas também achei um ótimo filme pela atuação ( como tu dizes ) dessas duas magníficas atrizes, JUDI e MAGGIE ,elas dão show. Já vi outros filmes com elas , mesmo atuando em separado e o prazer é o mesmo.
    OBS. Gosto sempre de enviar alguma nota sôbre
    os filmes que assisto e que tu tbm já tenhas visto e, esteja no teu site. Me sinto ativo e participante do mesmo.

3 Trackbacks

  1. […] gigantes Judi Dench e Bob Hoskins dão um show, literalmente, e a menina Kelly Reilly, a Wendy de Albergue Espanhol e […]

  2. […] de tantos outros bons ou interessantes filmes, Edukators (que ainda não vi, mas no qual aposto), O Violinista que Saiu do Mar, Feliz Natal, O Ultimato Bourne, Bastardos Inglórios, E se Vivêssemos Todos […]

  3. […] quando jovens, por Alan Cox e Lena Headey, enquanto ela mesma, então Clarissa, é feita por Natascha McElhone, essa atriz de beleza admirável, forte, absolutamente fora do padrão […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*