O Sabor da Magia / The Mistress of Spices


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2008: Uma droga absoluta. É uma história fantasiosa e sem sentido sobre uma indiana que tem poderes mágicos com especiarias e tem uma loja em Oakland, junto da baía de San Francisco.

A atriz Aishwarya Rai, uma indiana nascida em 1973, tem um rosto lindo de doer – e o talento interpretativo de uma árvore. Vejo no IMDB que ela tem gigantesca filmografia em Bollywood, a prolífica indústria cinematográfica da Índia: fez 41 filmes entre 1997 e 2008. Foi até capa da revista Time, com o título de A Nova Face do Cinema!

O monumento de mulher conversa com as especiarias a todo momento, tratando-as com a reverência devida a Buda. Mereceria entrar na galeria das seqüências mais grotescamente ridículas do cinema universal.

O filme é tão desnecessário que tenho preguiça de fazer uma sinopse. Esta é a do AllMovie:

… “história de realismo mágico sobre encantadora órfã indiana que aprende a utilizar as propriedades mágicas das especiarias. A órfã Tilo (Aishwarya Rai) é raptada por uma gangue de bandidos. Ela consegue fugir e, depois de ir parar em praias misteriosas, é recolhida por uma senhora de idade (Zohra Segal) que revela a ela os fantásticos poderes das especiarias comuns. Mais tarde, depois que ela se muda para Oakland, Califórnia, e abre sua própria loja de especiarias, Tilo é obrigada a seguir as três regras básicas: nunca usar os poderes para seu proveito pessoal, nunca sair de sua loja, e nunca encostar na pele de outra pessoa. Quando um arquiteto bonitão (Dylan McDermott) bate sua motocicleta diante da loja, uma química instantânea se estabelece entre os dois e põe em prova a fidelidade de Tilo aos ensinamentos de sua mestra.”

É. Boa sinopse: depois de lê-la, ninguém com a cabeça no lugar perderá tempo com esta bobagem.

O Sabor da Magia/The Mistress of Spices

De Paul Mayeda Berges, EUA-Inglaterra, 2006.

Com Aishwarya Rai, Dylan McDermott, Zohra Segal

Roteiro Gurinder Chadha e Paul Mayeda Berges

Baseado em livro de Chitra Banerjee Divakaruni

Produção Balle Pictures

Cor, 92 min.

1/2

9 Comentários