Vôo United 93 / United 93


Nota: ★★★☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Da mesma safra de As Torres Gêmeas/World Trade Center, de Oliver Stone, e bom como ele.

É a reconstituição, em tom de documentário, do único dos quatro vôos tomados pelos terroristas em 11 de setembro que não atingiram seu alvo (dois acertaram o World Trade Center e o terceiro, o prédio do Pentágono).

Metade do filme se passa no vôo 93 da United Airlines, e a outra metade, em ações paralelas nos centros de controle de vôo. Sem astros conhecidos, sem firulas, sem invencionices, é seco, direto, duro como um soco no estômago. 

O diretor Paul Greengrass é inglês, e estudou e trabalhou na Granada, a emissora independente britânica. Segundo o iMDB, as famílias de 40 dos passageiros e tripulantes mortos no vôo 93 da United (não houve sobreviventes) cooperaram com a produção, e passaram para o diretor Greengrass detalhes das vidas deles. Os atores que fazem os terroristas e os atores que interpretam passageiros e tripulantes foram mantidos em hotéis diferentes durante as filmagens, para que não houvesse amizade entre eles.

O iMDB tem outra informação curiosa – e apavorantemente típica dos tempos pós 11 de setembro. O ator Lewis Alsamari, que interpreta o principal terrorista do grupo designado para o vôo 93, nasceu no Iraque, mas está radicado desde os anos 90 na Inglaterra. Apesar disso, as autoridades americanas não deram a ele um visto de entrada, quando ele tentou viajar para Nova York para assistir à estréia do filme.

O que, obviamente, faz lembrar que, depois do 11 de setembro, o serviço de imigração dos EUA também negou visto de entrada no país ao muçulmano Yusuf Islam – o sujeito que, nos tempos em que se chamava Cat Stevens, escreveu Peace Train, um dos mais belos manifestos pacifistas da música popular.

Vôo United 93/United 93

De Paul Greengrass, EUA-França-Inglaterra, 2006.

Com Lewis Alsamari, Christian Clemenson, Trish Gates, Polly Adams, Khalid Abdalla, Olivia Thirlby

Roteiro Paul Greengrass

Cor, 111 min.

9 Comentários para “Vôo United 93 / United 93”

  1. Bom filme. Cenas tensas, como quando o braço de um dos bandidos eh quebrado. Achei bem melhor que Torres Gemeas, mesmo este não sendo ruim.

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *