Vôo United 93 / United 93


Nota: ★★★☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Da mesma safra de As Torres Gêmeas/World Trade Center, de Oliver Stone, e bom como ele.

É a reconstituição, em tom de documentário, do único dos quatro vôos tomados pelos terroristas em 11 de setembro que não atingiram seu alvo (dois acertaram o World Trade Center e o terceiro, o prédio do Pentágono).

Metade do filme se passa no vôo 93 da United Airlines, e a outra metade, em ações paralelas nos centros de controle de vôo. Sem astros conhecidos, sem firulas, sem invencionices, é seco, direto, duro como um soco no estômago. 

O diretor Paul Greengrass é inglês, e estudou e trabalhou na Granada, a emissora independente britânica. Segundo o iMDB, as famílias de 40 dos passageiros e tripulantes mortos no vôo 93 da United (não houve sobreviventes) cooperaram com a produção, e passaram para o diretor Greengrass detalhes das vidas deles. Os atores que fazem os terroristas e os atores que interpretam passageiros e tripulantes foram mantidos em hotéis diferentes durante as filmagens, para que não houvesse amizade entre eles.

O iMDB tem outra informação curiosa – e apavorantemente típica dos tempos pós 11 de setembro. O ator Lewis Alsamari, que interpreta o principal terrorista do grupo designado para o vôo 93, nasceu no Iraque, mas está radicado desde os anos 90 na Inglaterra. Apesar disso, as autoridades americanas não deram a ele um visto de entrada, quando ele tentou viajar para Nova York para assistir à estréia do filme.

O que, obviamente, faz lembrar que, depois do 11 de setembro, o serviço de imigração dos EUA também negou visto de entrada no país ao muçulmano Yusuf Islam – o sujeito que, nos tempos em que se chamava Cat Stevens, escreveu Peace Train, um dos mais belos manifestos pacifistas da música popular.

Vôo United 93/United 93

De Paul Greengrass, EUA-França-Inglaterra, 2006.

Com Lewis Alsamari, Christian Clemenson, Trish Gates, Polly Adams, Khalid Abdalla, Olivia Thirlby

Roteiro Paul Greengrass

Cor, 111 min.

Um Comentário

  1. Danilo vicente
    Postado em 16 setembro 2009 às 12:23 am | Permalink

    Bom filme. Cenas tensas, como quando o braço de um dos bandidos eh quebrado. Achei bem melhor que Torres Gemeas, mesmo este não sendo ruim.

8 Trackbacks

  1. Por 50 Anos de Filmes » O Visitante / The Visitor em 27 Fevereiro 2010 às 1:04 am

    […] filmes já estão diversos deles, O Traidor, Sorry, Haters, No Vale das Sombras, Ato Terrorista, Vôo United 93, Strip Search, Medo e Obsessão – a lista é […]

  2. […] me lembrava dela, mas vejo agora, pela filmografia no iMDB, que ela está em filmes que já vi – Vôo United 93, […]

  3. Por 50 Anos de Filmes » Zona Verde / Greeen Zone em 21 Março 2011 às 4:49 pm

    […] o que aconteceu dentro de um dos aviões tomados pelos terroristas no 11 de setembro, em Vôo United 93, mostra, de forma extremamente realista, o trabalho de uma equipe de soldados americanos que, logo […]

  4. Por 50 Anos de Filmes » Jogo de Poder / Fair Game em 22 julho 2011 às 2:57 am

    […] dos aviões tomados pelos terroristas árabes nos ataques coordenados de 11 de setembro de 2001, em Vôo United 93), mostra como um oficial especializado das forças armadas americanas, interpretado por Matt Damon, […]

  5. […] deles, em especial, seguiram essa linha de reconstituição, a mais acurada possível, dos eventos. Vôo United 93, de Paul Greengrass, de 2006, baseou-se no levantamento dos fatos, das conversas de passageiros e […]

  6. […] entre crianças que falam o dári como língua mãe. O ator que faz Amir adulto, Khalid Abdalla (de Vôo United 93/United 93), nascido na Escócia, é filho de egípcios, estudou em Cambridge – e teve que aprender o […]

  7. […] Mentiras (2008), O Visitante (2007), O Traidor (2008), Sorry, Haters (2005), Ato Terrorista (2005), Vôo United 93 (2006), As Torres Gêmeas (2006), Strip Search (2004), Medo e Obsessão (2004), Yasmin, Uma […]

  8. […] havia feito isso, com maestria, com brilho, em Vôo United 93/United 93, de 2006, em que reconstituiu, com precisão cirúrgica e um tom que beira o documentário, os […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*