Um Bom Ano / A Good Year


Nota: ★★★☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: É bem provável que, como o personagem principal do filme, o diretor Ridley Scott e o bom ator Russell Crowe estivessem querendo um pouco de diversão, de férias, quando escolheram a historinha leve deste filme. E o resultado é gostoso.

Russell Crowe faz o papel de Max, um operador do mercado financeiro extremamente bem sucedido, milionário e sem um pingo de humanidade, que volta à fazenda na Provence onde passava férias na infância quando o tio, Henry (o grande Albert Finney), morre. Como Henry era solteiro, a propriedade seria herdada por Max. Previsivelmente (são pouquíssimas as comédias românticas imprevisíveis, certo?), lá aos poucos o coração de Max vai amolecendo e ele se torna quase uma pessoa agradável.

A transição de besta-fera do capitalismo selvagem para um ser humano quase boa praça é bem contada, e é gostosa.

agoodMarion Cotillard, que faz a dona do pequeno restaurante por quem ele se apaixona, está em ascensão; faria, em 2006, o papel de Edith Piaf no filme que faria um sucesso extraordinário e que daria a ela todos os prêmios possíveis e imagináveis. Valeria Bruno Tedeschi, que já foi protagonista de filmes importantes, faz uma pequena ponta como uma tabeliã.

E ainda tem essa garota Abbie Cornish, uma gracinha, um australiana nascida em 1982 que ganhou diversos prêmios por sua interpretação em Somersault, de 2004, um filme elogiado que ainda não vi; ao todo, já teve seis prêmios e outras três indicações. Aqui, faz o papel de Christie, uma garota americana que aparece do nada dizendo-se filha de Henry, resultado de um rápido caso do falecido com uma turista americana.

O australiano Crowe, no papel de um inglês, vira-se para a australiana Abbie Cornish, no papel de uma americana, e diz: “Você é americana!”. Ela pergunta como ele sabe. Ele: “Só os americanos têm esses dentes”. O filme é cheio de boas sacadinhas assim.

Um Bom Ano/A Good Year

De Ridley Scott, EUA, 2006.

Com Russell Crowe, Albert Finney, Marion Cotillard, Freddie Highmore, Abbie Cornish, Valeria Bruno Tedeschi, Archie Panjabi

Baseado em novela Peter Mayle

Roteiro Mark Klein

Produção Fox 2000 Pictures

Cor, 118 min

5 Comentários para “Um Bom Ano / A Good Year”

  1. Achei o filme meio chato, longo demais pra uma comédia romântica (?!). Pausei várias vezes enquanto assistia… E achei ridículo o cabelo lambido do personagem Max. Agora, pior que ele era aquele amigo chatérrimo. Cruzes! Acho que o filme tem bons momentos, mas tem momentos chatérrimos tb.

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *