Laurel Canyon: A Rua das Tentações / Laurel Canyon


Nota: ★★½☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Um interessante filme sobre choque de gerações ao contrário do que acontecia até os anos 70, com muito sexo, drogas & rock’n’roll.

Um jovem casal careta (ele, Christian Bale, médico, ela, a deslumbrante Kate Beckinsale, fazendo uma pós em alguma ciência biológica) se hospeda na casa da mãe dele, uma produtora de discos da era hippie (Frances McDormand), na rua que dá o título do filme, em Los Angeles.

Vai surgir, claro, todo tipo de conflito e problema. Enquanto o jovem careta sai todo dia de casa para trabalhar em um hospital – onde uma bela colega surgirá como um perigo para sua fidelidade conjugal -, a jovem careta fica tentando estudar e trabalhar na casa onde um grupo de rock toca música, se droga e a mamãe hippie trepa com um dos roqueiros em todos os lugares, inclusive na piscina, à vista da nossa zelosa acadêmica.

Qualquer casal careta sensato sairia daquela casa, certo? Mas aí não teria filme. E então eles continuam lá, expostos a todos os perigos desta vida, que são demais, como ensinava Vinicius. E, como a melhor maneira de resistir à tentação é ceder a ela…

 O filme teve dois prêmios e cinco indicações em festivais menores e/ou de filmes independentes. A diretora e roteirista Lisa Cholodenko é uma queridinha da crítica americana; tanto este filme aqui quanto High Art, de 1998, sobre lesbianismo, foram exibidos na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes, e ela já foi membro do júri do Festival de Sundance, o grande evento do cinema independente americano.

Laurel Canyon: A Rua das Tentações /Laurel Canyon

De Lisa Cholodenko, EUA, 2002.

Com Frances McDormand, Christian Bale, Kate Beckinsale, Natascha McElhone

Roteiro Lisa Cholodenko

Produção Antidote Films, distribuição Columbia

Cor, 103 min.

**1/2

Um comentário para “Laurel Canyon: A Rua das Tentações / Laurel Canyon”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *