Justiça Corrupta / True Believer


Nota: ★★★☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Interessante filme que trata do que restou dos ideais libertários dos anos 60. O tema  é maravilhoso, importantíssimo, sério, duro – nós que nos amávamos tanto e achávamos que podíamos mudar o mundo e no entanto foi o mundo que nos mudou. E é muito bem tratado.  

O personagem de James Woods é Eddie Dodd, um advogado que nos 60 era um lutador idealista, e na época da ação, a época em que foi feito o filme, final dos 80, a década do yuppismo, se dedica a defender traficantes e outros marginais. E, nas horas livres, a se drogar e tentar ficar com a cabeça longe deste insensato mundo.

Sua nova vida é alterada com o surgimento de Roger (Robert Downey Jr.), um jovem advogado ainda puro e idealista, que chega a Nova York para aprender a trabalhar com aquele que considera o grande líder das boas causas. O aparecimento de Roger vai chacoalhar a vida de Eddie, fazer com que lute contra as desilusões e volte a trabalhar pelas coisas que considera corretas.

Segundo o AllMovie (eu não tinha a menor idéia disso quando vi o filme), este True Believer fez sucesso nos Estados Unidos, e chegou a inspirar uma série de TV, Eddie Dodd. E o iMDB informa que o personagem de Eddie Dodd se baseou em um personagem real, um famoso advogado que lutou pelos direitos civis chamado Tony Serra.

Justiça Corrupta/True Believer

De Joseph Ruben, EUA, 1989

Com James Woods, Robert Downey Jr.

Roteiro Wesley Strick

Produção Columbia

Cor, 105 min.

***

2 Trackbacks

  1. […] Além disso, estava chegando à cidade seu amigo, o sujeito que editara seu livro, Terry Crabtree (Robert Downey Jr.), ansioso por ver a quantas andava o novo […]

  2. […] A narrativa se centra inicialmente em Richard Fuld, o CEO do Lehman’s Brothers, interpretado por James Woods (foto acima). O Lehman’s estava atolado de papéis que de repente perdiam o valor – e as […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*