Imagine Eu e Você / Imagine Me & You


Nota: ★★★☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Mais uma prova, se é que ainda precisa, de que o melhor cinema do mundo se faz hoje naquelas ilhotas à esquerda da Europa. O filme é inteligente, leve, gostoso, bem feito, bem interpretado, bem intencionado sem ser professoral.

Exatamente no dia de seu casamento com o namorado Heck (Matthew Goode), com quem já vivia bem fazia algum tempo, Rachel, uma jovem londrina (Piper Perabo) conhece Luce (Lena Headley), uma bela florista contratada para fazer os arranjos para a cerimônia. E vai,  malgré elle même, se apaixonar perdidamente pela moça.

ameyouA coisa vai acontecendo de mansinho. A princípio, Rachel não pensa muito em Luce. Depois vai percebendo que não consegue tirá-la da cabeça. Ela e o marido acabam convidando a moça para jantar, na esperança de que pinte alguma coisa entre ela e Coop (Darren Boyd), o melhor amigo e padrinho de casamento. É aí que ficam sabendo que a bela moça gosta é de moças. As duas vão ficando amigas – e vem a paixão.    

A delícia é que não é, de forma alguma, um panfleto em defesa do homossexualismo – é só um filmezinho gostoso que mostra que tudo pode acontecer.

Foi o primeiro filme dirigido por Ol Parker, um londrino nascido em 1969 que já havia feito alguns roteiros. Tem talento.  

No final do filme, os personagens ouvem Happy Together, uma musiquinha bem anos 60, com um conjunto chamado Turtles. A música foi muito bem escolhida: tem o espírito do filme, leve e alegre.

Fui atrás de informações sobre The Turtles. Grupo de Los Angeles; botou nove músicas no Top 40 entre 1965 e 1969 (inclusive uma versão de It ain’t me, Babe, de Bob Dylan). Essa Happy Together ficou 12 semanas no Top 40 da Billboard e ocupou o primeiro lugar durante 3 semanas. Vivendo e aprendendo – e depois esquecendo, claro.

Imagine Eu e Você/Imagine Me & You

De Ol Parker, Inglaterra-EUA-Alemanha, 2005

Com Piper Perabo, Lina Headey, Matthew Goode, Darren Boyd

Argumento e roteiro Ol Parker

Música Alex Heffes

Produção BBC Films

Cor, 94 min.

***

8 Comentários para “Imagine Eu e Você / Imagine Me & You”

  1. Só comecei a gostar do filme mais ou menos da metade pro final… antes, ele não deslanchava , e eu achava que a florista estava a fim do cara, rs.

    O que a maquiagem não faz, “não é mesmo minha gente”? a florista estava maravilhosa no filme 300, mas neste filme estava apenas bonita, e às vezes me lembrava a chatinha Keira Knightley e seu sorriso irritante. Mas gostei do filme não ter levantado bandeira (eu não teria paciência pra assistir) e das duas serem super femininas, o que quebra um pouco o estereótipo. Gostei mesmo foi da trilha sonora, do figurino das moças (que nunca vou poder usar, pq onde moro não faz frio) e do delicioso sotaque inglês. É um filme levinho e bonitinho. Achei o final levemente parecido com o de Notting Hill.

    P.S.: quando vão começar a colocar homens bonitos em filmes? só vejo atrizes bonitas, tou cansando disso, rs.

  2. Jussara, você é sensacional, você é bárbara. Você é uma das mais, ou a mais fiel comentarista das bobagens que eu escrevo. Você é que deveria ter um site/blog sobre filmes, porque suas observações são atentas, perspicazes, inteligentes. Por exemplo: de fato, neste filminho gostoso e suave aqui, uma das coisas boas é que ele não levanta bandeira, não faz pregação. E outra das coisas boas é exatamente isso que você fala, as duas garotas são absolutamente femininas, não tem nada a ver com aqueles estereótipos da francha, da sapata. Não vi o 300, e então não posso comentar esse seu comentário. E já sabia que você não suporta a Keira Knightley, mas, gozado – e o que seria do amarelo se todos gostassem do vermelho? -, eu gosto dela. Gostei demais dela no Orgulho e Preconceito – e também, e sobretudo, no Reparação/Atonement.
    Um grande abraço.
    Sérgio

  3. Nossa!!
    nem assisti ao filme ainda, mas me parece mto bom… realmente Jessica, ela estava maravilhosa no filme 300, quase não a reconheci nesse outro filme, foi um ótimo comentário o seu realmente, o figurino é lindo… eu moro no RJ, no inverno dá pra usar.. mesmo q por um brve período de tempo..rsr espero poder assistir logo este filme.. e eu tbm espero q no próximo filme haja atores mais bonitos… hehe
    bjosssss

  4. Esse filme é mto perfeito,puts ele foi o melhor ja assisti,a historia é linda e fantastica,e não consigo tirar da cabeça eesse filme.
    Me emocionou muito
    é simplesmente perfeitooooo,e eu ameii, e vou quebrar o record de assisti esse filme
    E a musica foi realmente perfeita que nem o filme

  5. O amor é lindo e surpreendente como mostrou o filme…Muito suave,leve,como o amor deve ser…Depois desse filme fiquei querendo receber um lírio….Espero ser desafiada no amor..rsrsrs

  6. este filme é d+.muitas pessoas pensam q não há um relacionamento entre duas mulheres feminina,pelo contrario existe vários.elas estão de parabens pela otma interpretação.

  7. Assim como a Jussara,tbm não gostei do começo
    do filme, depois,foi envolvendo e ficou muito
    bom de ver até o fim. E a Piper e a Lena duas
    atrizes muito bonitas.
    Uma vez, eu disse aqui, que a Jussara tem olhos de Lince. De fato, como ela (Jussara) viu, a Lena em 300, estava lindíssima. só discordo pois não me lembrou a Keira. Não a
    acho chata e seu sorriso é muito lindo.
    De fato, as duas garotas são muito femininas
    e a Jussara quando diz que o filme não levanta bandeiras e, tu Sergio, quando dizes
    que o filme não é um panfleto em defesa do
    homosexualismo, foram de uma felicidade,tal.
    Aquele final com Happy Together, foi tudo de
    melhor, “chave de ouro”.

  8. Eu adoro esse filme. Concordo com o que você diz sobre a leveza. Ele me lembra muito Nothing Hill, que também é um filme inglês. Amo os dois. Imagine you and I é um filme leve, sem apelar pro clichê, com texto bom, personagens cativantes. Gostoso de ver! Recomendo!

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *