Terra Fria / North Country


Nota: ★★★☆

 

Anotação em 2006, com complemento em 2008: Os fatos narrados neste drama pesado são chocantes, pavorosos, inacreditáveis – as mulheres que se oferecem para trabalhar em minas são tratadas com todo tipo de brutalidade possível. E, no entanto, os fatos são reais. Parece coisa da Idade Média, ou de uma tribo primitiva no lugar mais primitivo da África. E, no entanto, aconteceram nos Estados Unidos, na década de 1980.

Até a década de 70, as minas de Minnesota, no Meio Oeste americano, não muito longe de Chicago, uma das maiores metrópoles do mundo, não admitiam trabalhadoras do sexo feminino. Uma lei obrigou as mineradoras a aceitarem mulheres – e o que aconteceu em seguida foi o desfilar de brutalidades cometidas pelos homens contra suas colegas, que são bem mostradas pelo filme.

Com medo de perder o emprego, dezenas e dezenas de mulheres se sujeitaram às ofensas, aos maus tratos, às piadinhas de péssimo gosto, cantadas, ameaças de abuso sexual e até agressões físicas. Até que uma delas, Lois Jensen, teve a coragem de ir à Justiça com uma ação exigindo punição para a mineradora como incentivadora de assédio, e o caso virou sensação na imprensa de todo o país.

 O filme tem como protagonista essa mulher, Lois Jensen, que no filme se chama Joyce Aimes e é interpretada por Charlize Theron. A vida de Joyce, que já era um inferno por causa da brutalidade diária que ela tinha que enfrentar durante o trabalho, piorou muito mais, porque as amigas e até mesmo a família, todos empregados da mineradora e temendo ser demitidos como represália, ficaram contra ela.

Lois Jensen entrou com a ação na Justiça em 1988, dez anos depois que os abusos começaram. A ação tramitou na Justiça por outros dez anos, e terminou em 1998. O roteiro se baseia num livro escrito sobre o caso, chamado Ação Coletiva: A História de Lois Jensen e o Caso que Mudou a Lei de Assédio Sexual.   

 Parece que o filme não foi bem recebido na época do lançamento, 2005. Talvez nos anos Bush não fosse de bom tom abordar esses temas espinhosos.

É um bom filme – duro, pesado, bem feito, com ótimas interpretações. A trilha sonora é excelente, com composições do argentino Gustavo Santaolalla (autor das trilhas de O Segredo de Brokeback Mountain, Diários de Motocicleta e Babel), e mais belas canções country e folk, inclusive algumas de Bob Dylan, ele mesmo nascido no Estado de Minnesota, onde se passa a ação.  

A diretora Niki Caro é neo-zelandesa, e muito jovem – nasceu em 1967. Antes deste filme aqui ela havia feito, no seu país, Encantadora de Baleias/Whale Rider, filme que rendeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz para a garotinha Keisha Castle-Hughes. A moça Niki Caro tem talento para dirigir atores: por este Terra Fria, Charlize Theron e Frances McDormand tiveram indicações ao Oscar como atriz e atriz coadjuvante.

Terra Fria/North Country

De Niki Caro, EUA, 2005.

Com Charlize Theron, Frances MacDormand, Sean Bean, Woody Harrelson, Richard Jenkins

Roteiro Michael Seitzman

Baseado no livro Class Action: The Story of Lois Jensen and the Landmark Case That Changed Sexual Harassment Law, de Clara Bingham e Laura Leedy

Fotografia Chris Menges

Música Gustava Santaolalla

Produção Warner

Cor, 126 min.

6 Comentários para “Terra Fria / North Country”

  1. eu quero tudo que tiver errado no filme que pode relatar em acidentes …quais os agentes ambientais riscos sao detectados no filme quais doenças….os direitos trabalhista das mulheres do filme to fazendo um relatoriuo sobre o filme trabalho de escola curso meio ambinte risco e acidentes….obrigado podem me ajudar por favor…..

  2. eu quero tudo que tiver errado no filme que pode relatar em acidentes …quais os agentes ambientais riscos sao detectados no filme quais doenças….os direitos trabalhista das mulheres do filme to fazendo um relatoriuo sobre o filme trabalho de escola curso meio ambinte risco e acidentes….obrigado podem me ajudar por favor…..

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *