Voltando para Casa / Julie Walking Home


Nota: ★★½☆

Anotação em 2005: Depois de mexer no transcendental no belíssimo O Terceiro Milagre/The Third Miracle, a polonesa de nascimento e cineasta cada vez mais do mundo todo Agnieszka Holland volta ao campo dos mistérios insondáveis neste filme estranho, irregular, que parece reunir várias histórias em uma só.

Depois de flagrar o marido com outra e sair de casa, uma filha de imigrante polonês (interpretada por Miranda Otto, bela e interessante jovem atriz australiana), fica sabendo que seu filho tem um tumor no cérebro. Desenganada pela medicina tradicional, ela vai com o filho à Polônia de seus país em busca de um curandeiro (Lothaire Bluteau) – que consegue o milagre de curar o garotinho. Mas, ao se apaixonar pela mulher, ele perde o poder de curar os outros.

Vejo no iMDB que o filme foi lançado em alguns países com o título de The Healer – o que cura.  

Voltando para Casa/Julie Walking Home

De Agnieszka Holland, Canadá-Polônia-Alemanha-EUA, 2002.

Com Miranda Otto, William Fichtner, Lothaire Bluteau

Roteiro Agnieszka Holand, Roman Gren e Arlene Sarner

Música Anton Gross

Produção Art Oki FIlm. Estreou em São Paulo 17/9/2004.

Cor, 119 min.

2 Comentários para “Voltando para Casa / Julie Walking Home”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *