Sua Última Façanha / Lonely Are the Brave


Nota: ★★★☆

Anotação em 2004, com complemento em 2008: Um faroeste seis décadas depois do fim do Oeste como era no tempo do faroeste. Kirk Douglas faz o cowboy que insiste em ser cowboy na época das grandes estradas e dos caminhões, e enfrenta a polícia que chega montada em helicóptero.

Tem um amargo, triste gosto de fim de uma era, aquela coisa outonal. É um daqueles filmes em que a América perdida se procura na América que não reconhece mais, tipo O Cavaleiro Elétrico, de Sydney Pollack, e, em certa medida, também Pistoleiros do Entardecer, um dos primeiros de Sam Peckinpah, feito antes de ele ficar obcecado com as cenas de violência explícita em câmara lenta.

Vejo no iMDB que Kirk Douglas considera sua interpretação neste filme a melhor de sua longa carreira. Ele comprou os direitos de filmagem do livro assim que o leu, e entregou para o amigo Dalton Trumbo fazer o roteiro.

Trumbo esteve na lista negra do macartismo, proibido de trabalhar durante anos, na época do macartismo.

Sua Última Façanha/Lonely Are the Brave

De David Miller, EUA, 1962

Com Kirk Douglas, Gena Rowlands, Walter Matthau, George Kennedy

Roteiro Dalton Trumbo

Baseado no livro Brave Cowboy, de Edward Abbey

Música Jerry Goldsmith

P&B, 107 min

3 Comentários