A Viagem / Brokedown Palace


Nota: ★★☆☆

Anotação em 2004, com complemento em 2008: Duas meninas de uma pequena cidade de um estado interiorano (acho que é Iowa) resolvem comemorar o fim do colegial na Tailândia – e acabam sendo presas como traficantes de droga, embora não sejam.

 O tema – americano/os/as preso/os/as em país asiático por suposto envolvimento com o tráfico e sofre horrores com os sistemas judiciário e carcerário de Terceiro Mundo – , tem aparecido em vários filmes, depois do de Alan Parker, Expresso da Meia Noite, de 1978, que, creio, abriu esse ciclo. Este aqui lembra muito um com a Anne Heche, Pela Vida de um Amigo/Return to Paradise, feito um ano antes, em 1998.

Pode-se talvez enxergar neste aqui, assim como no filme logo anterior a ele, os dois pertencentes ao que chamo do subgênero Sobre Americanos Sofrendo no Selvagem Universo que Existe Além das Fronteiras do Umbigo do Mundo, um ranço imperialista, uma coisa assim de alerta para que os americanos evitem se aventurar nesses países estranhos, incivilizados, e passem suas férias dentro do seu próprio país. É possível, sim, que alguém veja esse ranço.

A mim parece, no entanto, que é um filme honesto – assim como o Pela Vida de um Amigo, que aliás é a refilmagem de uma obra francesa. As duas atrizes Claire Danes e Kate Beckinsale, bonitas, estavam em ascensão, e são corretas.

O diretor Jonathan Kaplan, de 1947, que estudou com Martin Scorsese, fez um ótimo filme, Acusados/The Accused, de 1989, que deu o Oscar a Jodie Foster como a moça pobre e desajustada que é estuprada por vários garotões de classe média em um bar – e a defesa dos acusados argumenta que ela os provocou, que ela é a culpada. Fez também, em 1996, uma versão de A Sangue Frio para a TV – o que em si já é um crédito para ele.

A Viagem/Brokedown Palace

De Jonathan Kaplan, EUA, 1999.

Com Claire Danes, Kate Beckinsale, Bill Pullman, Lou Diamond Philips

Argumento David Arata

Roteiro Adam Fields e David Arata

Música David Newman

Cor, 100 min

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*