A Mulher dos Meus Sonhos / Dream Lover


Nota: ★★★☆

Anotação em 2002: Uma ótima surpresa. Aparentemente, foi o único filme, até hoje (2002), dirigido por Nicholas Kazan, o filho do grande Elia; ele voltou, depois deste A Mulher dos Meus Sonhos, a ser apenas roteirista.

A trama é ótima, única, inteligente, forte. E há um estilo interessante do diretor e do seu cenógrafo: tudo, tudo é filmado como se fosse um filme de publicidade, tudo muito limpo, impecável – até porque se está falando de um arquiteto bem sucedido, um homem muito rico no Império, que está vivendo o que parece ser um sonho, o casamento com uma mulher linda demais, perfeita demais. O mundo falso da publicidade – que o pai do diretor atacou tão duramente em Movidos pelo Ódio/The Arrangement, um filme extremamente subvalorizado.

Eventualmente, vamos descobrir a mulher linda demais, perfeita demais, é, na realidade, o retrato do mal em si – e o nosso herói vai comer o pão que o diabo amassou.

Essa moça Mädchen Amick, que faz o retrato do mal em si, é extremamente bonita. Não vi muita coisa dela.

A Mulher dos Meus Sonhos/Dream Lover

De Nicholas Kazan, EUA, 1994.

Com James Spader, Mädchen Amick,

Argumento e roteiro Nicholas Kazan

Cor, 103 min.

Um Trackback

  1. […] Zoe é filha de Nicholas Kazan e portanto neta do grande Elia Kazan. E não é só: a mãe dela, Robin Swicord, é roteirista, […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*