Fräulein Doktor


Nota: ★★½☆

Anotação em 2000: O veterano italiano Alberto Lattuada, atuante desde antes do fim da Segunda Guerra e um dos nomes do neo-realismo, fez um filme de espionagem competente, com boas atuações, e um final violentamente antibelicista, com cenas impressionantes sobre uso de gás mortal na Primeira Guerra.

É a história de um espiã alemã (Suzy Kendall), extraordinariamente competente, que é encarregada da morte de um importante general inglês; antes, ela havia sido amante de uma cientista francesa (Capucine) que desenvolvia um gás mortal, para roubar dela a fórmula. As cenas de homossexualismo das duas são seguramente avançadíssimas para a época, 1969.

Fraulein Doktor

De Alberto Lattuada, Itália-Iugoslávia, 1969.

Com Suzy Kendall, Kenneth More, Nigel Green, Giancarlo Giannini, James Booth, Capucine

Música Ennio Morricone

Cor, 104 min.

 

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*