Entre a Mulher e o Diabo / La Beauté du Diable


Nota: ★★½☆

Anotação em 2000: É a história de Fausto, em adaptação bem livre de René Clair, puxando para o cômico. O Fausto aqui é um velho alquimista, professor de uma universidade, que aceita ganhar de Mefístofles um corpo jovem. 

Nada marcante, a não ser (eu não o via há anos) a beleza de Gérard Philipe – e como era feia a vozinha fina dele.

Pauline Kael escreveu que não existem conflitos espirituais neste filme; segundo ela, o que o René Clair queria (tinha apenas cinco anos que a Segunda Guerra terminara) era alertar contra os perigos da ciência e do poder absoluto.

No mesmo dia em que vi este filme, vi também outro francês que mistura fantasia e sobrenatural, feito oito anos antes, A Mão do Diabo/La Main du Diable, de Maurice Tourner. Me pareceu mais agradável. 

Entre a Mulher e o Diabo/Beauté du Diable

De René Clair, França, 1950.

Com Gérard Philipe, Nicole Besnard, Simone Valère, Raymond Cordy

Roteiro René Clair e Armand Salacrou

P&B, 92 min.

Um comentário para “Entre a Mulher e o Diabo / La Beauté du Diable”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *