A Noiva Era Ele / I Was a Male War Bride


Nota: ★★½☆

Anotação em 1999, com complemento em 2008: A trama dessa comédia é bem chegada ao ridículo – na Alemanha logo após o fim da Segunda Guerra, capitão francês (interpretado por Cary Grant, o que já é mais ridículo ainda) e tenente americana (Ann Sheridan) se apaixonam ao se beijarem durante missão, mas não conseguem um lugar para trepar, mesmo depois de três cerimônias de casamento, porque ela tem que voltar para os Estados Unidos e não há chance de os dois ficarem juntos sozinhos.

Mas há algumas piadas muito engraçadas, e uma hoje sutil, mas certamente na época bem agressiva crítica à burocracia das Forças Armadas. E Cary Grant travestido deve ter sido um furor na época, alguns anos antes de Quanto Mais Quente, Melhor.

Howard Hawks (1896-1977), um dos grandes diretorees do cinema americano, era competente em tudo o que fazia – e ele fez de absolutamente tudo. Fez policiais (Scarface), noirs (À Beira do Abismo), aventuras (Hatari) westerns (filmou três vezes a mesma história, em três bons filmes – Onde Começa o Inferno, El Dorado e Rio Lobo), superprodução passada na antiguidade (Terra dos Faraós). E comédias, é claro: Levada da Breca, Bola de Fogo, O Inventor da Mocidade.

“Suas comédias, nas quais revela um curioso pessimismo e uma evidente misoginia estão entra as obras-primas do gênero e conservam, apesar do tempo, uma grande força cômica”, diz o escritor Jean Tulard.

A Noiva Era Ele/I Was a Male War Bride

De Howard Hawks, EUA, 1949.

Com Cary Grant, Ann Sheridan,

Roteiro Charles Lederer, Leonard Spígelgass e Hagar Wilde

Baseado em história de Henri Rochard

P&B, 105 min.

Produção 20th Century Fox

2 Trackbacks

  1. Por 50 Anos de Filmes » Quando nasceram as estrelas em 31 maio 2011 às 3:57 pm

    […] Hawks: Jejum de Amor/His Girl Friday (1939); Rio Vermelho/Red River (1948); A Noiva Era Ele/I Was a Male War Bride (1949); El Dorado […]

  2. […] só para citar duas outras, Este Mundo é um Hospício/Arsenic and Old Lace, de Frank Capra, e A Noiva Era Ele/I Was a Male Bride, outra vez de Howard […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*