Um Anjo em Minha Vida / The Preacher’s Wife


Nota: ★★½☆

Anotação pessoal e resenha em 1997: Tão gostoso quanto pouco sério e muito descartável. Refilmagem all-black, claro, do filme dos anos 40 em que Cary Grant era o anjo e David Niven, o pastor – e a mulher era…  Não me lembro. Vamos aos alfarrábios.

OK. O filme original se chamava The Bishop’s Wife, no Brasil Anjo Caído do Céu. A mulher do bispo era Loretta Young, com aqueles olhões e lábios imensos. O diretor era o Henry Koster, e o ano, 1947.

Fiz esta mini-resenha para a revista Barbara nº 22:

Um Anjo em Minha Vida é tão descartável e pouco sério quanto gostoso de se ver. A diretora Penny Marshall, tão competente na seriedade quanto na brincadeira, refilmou com elenco totalmente negro a história interpretrada em 1947 por Cary Grant, Loretta Young e David Niven. O mote é uma delícia: o religioso pede ajuda aos céus e Deus lhe manda um anjo – mas um anjo danado de sedutor, e o religioso é casado. Agora o triângulo é formado por Denzel Washington, Whitney Houston e Courtney B. Vance. Além de gostoso de se ver, o filme é ótimo de se ouvir. A trilha sonora, com muito coral de Igreja protestante, é uma delícia para os ouvidos e, para quem sabe dançar, também para os pés.

Um Anjo em Minha Vida/The Preacher’s Wife

De Penny Marshall, EUA, 1996.

Com Denzel Washington, Whitney Houston, Courtney B. Vance, Gregory Hines, Jenifer Lewis, Loretta Dévine, Lionel Ritchie

Bas. na roteiro de Robert E. Sherwood e Leonard Bercovici

Roteiro Nat Mauldin e Allanc Scott

Música Hans Zimmer

Cor, 124 min.

2 Comentários para “Um Anjo em Minha Vida / The Preacher’s Wife”

  1. É, Eduardo, de fato não achei o filme em duas lojas virtuais brasileiras. Mas ele está à venda no amazon.com.

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *