Jogos de Conexão / A Good Man in Africa


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 1995, com complemento em 2008: Um filme incompreensivelmente horroroso, vindo de Bruce Beresford, que fez Crimes do Coração e Conduzindo Miss Daisy, e tendo o grande Sean Connery no elenco.

É politicamente incorretíssimo, calhorda, colonialista, pintando um país fictício na África como uma incivilização de bárbaros. Não decola em momento nenhum, a narrativa é frouxa, capenga. Tenta ser engraçado e só consegue ser patético. Um sério candidato ao prêmio de um dos piores filmes da História.

Vou atrás de outras opiniões, e constato que não estava louco quando vi o filme e fiz a anotação acima. Leonard Maltin também desanca com o filme: “O roteiro mostra pouco mais do que mostrar os negros como estereótipos tolos, inacreditáveis. Connery é tristemente desperdiçado no papel de um médico simpático”.

O que terá dado na cabeça desse diretor?

   

Jogos de Conexão/A Good Man in Africa

De Bruce Beresford, EUA-África do Sul, 1994.

Com Colin Friels, Sean Connery, John Lithgow, Lous Gossett, Jr, Diana Rigg, Joanne Whalley-Kilmer.

Roteiro William Boyd, baseado em sua novela

Produção Capitol Films

Cor, 94 min

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*